Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Setembro, 2012

A EDUCAÇÃO ANTES E DEPOIS

A LINHA DO TEMPO NA EDUCAÇÃO

TOLERÂNCIA ZERO

PECADOS DA LÍNGUA

FONTE : Veja20/05/2009

OS DEZ MANDAMENTOS DO ALUNO PREGUIÇOSO

01- Viva para descansar.
02- Ame sua cama, ela é o seu templo.
03- Se vir alguém descansando, ajude-o.
04- Descanse de dia para poder dormir à noite.
05- O trabalho é sagrado, não toque nele.
06- Nunca faça amanhã o que você pode fazer depois de   
      amanhã.
07-Trabalhe o menos possível, o que tiver que ser feito   
     deixe que outra pessoa faça.
08- Calma, ninguém morreu por descansar.
09- Quando sentir desejo de trabalhar, sente e espere que  
     ele passe.
10- Não se esqueça, trabalho é saúde. Deixe o seu para os  
      doentes.    


*****************************

COMO FALAR MUITO SEM DIZER NADA

A tabela abaixo permite a composição de dez mil sentenças: basta combinar, em sequência, uma frase da primeira coluna, com uma da segunda, da terceira e da quarta (seguindo a mesma linha, ou "pulando"de uma para outra).
O resultado sempre será uma sentença correta, mas sem nenhum conteúdo.

Experimente na próxima reunião ou redação!
Coluna 1 Coluna 2 Coluna 3 Coluna 4 Caros colegas, a execução deste projeto nos obriga à análise das nossas opções de desenvolvimento futuro. Por outro lado, a complexidade dos estudos efetuados cumpre um papel essencial na formulação das nossas metas financeiras e administrativas. Não podemos esquecer que a atual estrutura d…

COISAS QUE VOCÊ VAI APRENDER AO ENTRAR NA FACULDADE

1. Não importa o quão tarde é a sua primeira aula, você vai dormir durante ela;
2. Você vai mudar completamente e nem vai notar;
3. Você pode amar várias pessoas de maneiras diferentes;
4. Alunos de faculdade também jogam aviões de papel durante as aulas;
5. Se você assistir às aulas calçado, todo mundo vai perguntar por que você foi tão chique para a faculdade;
6. Cada relógio no prédio mostra um horário diferente;
7. Se você era inteligente no colegial... azar o seu!
8. Não importa tudo o que você prometeu quando passou o vestibular, você vai às festas da faculdade, mesmo que sejam na noite anterior à prova final;
9. Você pode saber toda a matéria e ir mal na prova;
10. Você pode não saber nada da matéria e tirar dez na prova;
11. A sua casa é um ótimo lugar para se visitar;
12. A maior parte da educação é adquirida fora das aulas;
13. Se você nunca bebeu, vai beber;
14. Se você nunca fumou, vai fumar;
15. Se vo…

EU NÃO O CONHECI

Meu filho foi embora e eu não o conheci. Acostumei-me com ele em casa e me esqueci de conhecê-lo. Agora que sua ausência me pesa, é que vejo como era necessário tê-lo conhecido.      Lembro-me dele. Lembro-me bem em poucas ocasiões. Um dia, na sala, ele me puxou a barra do paletó e me fez examinar seu pequeno dedo machucado. Foi um exame rápido.      Uma outra vez me pediu que lhe consertasse um brinquedo velho. Eu estava com pressa e não consertei. Mas lhe comprei um brinquedo novo. Na noite seguinte, quando entrei em casa, ele estava deitado no tapete, dormindo e abraçado ao brinquedo velho. O novo estava a um canto.      Eu tinha um filho e agora não tenho mais porque ele foi embora. E este meu filho, uma noite, me chamou e disse: - Fica comigo. Só um pouquinho, pai.      Eu não podia; mas a babá ficou com ele.      Sou um homem muito ocupado. Mas meu filho foi embora. Foi embora e eu não o conheci.                                                                            (Oswaldo França …

GERAÇÕES: BABY BOOMER, X, Y, Z.

Os Baby Boomers: A geração da TV (1946/1964)

Os Baby Boomers compreendem os nascidos entre os anos de 1946 e 1964. O termo "Baby Boomer" é usado como referência aos “filhos” do baby boom, explosão demográfica pós-Segunda Guerra Mundial, que ocorreu em maior escala nos Estados Unidos, Canadá e Austrália. 
Mais do que uma explosão demográfica, essa foi uma transformação cultural. A ascensão da televisão moldou o comportamento desses jovens, visto que ela servia como mensageira e mobilizadora, e ainda retratava a juventude como um grande acontecimento. Essa geração participou da revolução dos anos 1960,  o que mudou não só o papel das mulheres na sociedade, mas também o papel dos jovens. Eles desenvolveram sua própria cultura, pelo fato de existir um grande abismo entre eles e seus pais. Devido a isso, criaram seu estilo de vida próprio e tinham a televisão como principal ferramenta de comunicação. 
Dessa geração surgiram os ideais de liberdade, o feminismo e os movimentos civis a…

ELEMENTOS DE COESÃO

RELAÇÃO DE SENTIDO ELEMENTOS DE COESÃO
Causa  porque, pois, por, porquanto, dado, visto, como, por causa de,  devido a, em vista de, em virtude de, em face de, em razão de,  já que, uma vez que, visto que, dado que. Consequência tão, tal, tamanho, tanto que, de modo que, de maneira que, de  sorte que, por conseguinte, logo, portanto, pois, assim sendo,  assim, como resultado. Condição se, caso, mediante, sem, salvo contanto que, desde que, a não  ser que, exceto se Finalidade para, porque para que, a fim de que, a fim de, com a intenção  de, com o propósito de, com o fito de, com o intuito de. Prioridade,  relevância em primeiro lugar, antes de mais nada, acima de tudo, precipuamente, mormente, principalmente, sobretudo. Oposição mas, porém, contudo, todavia, entretanto, conquanto, no  entanto, apesar de, a despeito de, não obstante, malgrado a,  sem embargo de, se bem que, mesmo que, ainda que, em que pese, posto que, por mais que, por muito que, muito embora. Com…

MORFOLOGIA - ADVÉRBIO E PREPOSIÇÃO

O PASSARINHO ENGAIOLADO

Dentro de uma linda gaiola vivia um passarinho. De sua vida o mínimo que se poderia dizer era que era segura e tranquila, como seguras e tranquilas são as vidas das pessoas bem casadas e dos funcionários públicos. Era monótona, é verdade. Mas a monotonia é o preço que se paga pela segurança. Não há muito o que fazer dentro dos limites de uma gaiola, seja ela feita com arames de ferro ou de deveres. Os sonhos aparecem, mas logo morrem, por não haver espaço para baterem suas asas. Só fica um grande buraco na alma, que cada um enche como pode. Assim, restava ao passarinho ficar pulando de um poleiro para outro, comer, beber, dormir e cantar. O seu canto era o aluguel que pagava ao seu dono pelo gozo da segurança da gaiola.    Bem se lembrava do dia em que, enganado pelo alpiste, entrou no alçapão. Alçapões são assim; têm sempre uma coisa apetitosa dentro. Do alçapão para a gaiola o caminho foi curto, através da Ponte dos Suspiros.    Há aquele famoso poema do Guerra Junqueiro, sobre o me…

PINÓQUIO ÀS AVESSAS

Era uma vez um menininho, de carne e osso, igual a tantos que se deleitam nas coisas simples que a vida dá. Ria nos seus mundos de faz de conta, voava nas asas dos urubus, assustava os peixes, nariz achatado nos vidros dos aquários, assobiava para os perus, andava na chuva. Todas estas coisas que as crianças fazem e os adultos desejam fazer e não fazem, por vergonha. Sua vida escorria feliz por cima do desejo.    Não sabia que uma conspiração estava em andamento. Tudo começara bem antes, quando um nome lhe fora dado. Nome do pai. Claro, confissão de intenções: que o menino sem nome e sem desejos aceitasse como seus o nome e desejos de um outro que ele nem mesmo conhecia. Filho, extensão do pai, realização de desejos não realizados, sobrevivência do seu corpo, uma pitada de onipotência, uma gota de imortalidade. "Que é que ele vai ser quando crescer? Médico? Diplomata? Cientista?" E as conversas se prolongavam, temperadas com sorrisos e boas intenções, enquanto silenciosas se te…