Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Janeiro, 2015

DAS PALAVRAS

"Mais importante do que dizem as palavras é o que realmente elas querem dizer!"
   A frase acima foi postada em meu blog há alguns dias. O intuito não é fazer humor! Filosofar? Inevitável! Mas, de fato, a pretensão é outra. Ambiciosa, muito provavelmente, entretanto legítima, a ideia se firma em refutar a tendência das pessoas em geral, no que concerne ao clichê cunhado pela expressão: “as palavras têm poder”. Não! Não é a elas que se deve atribuir o poder, mas sim ao seu real sentido, à essência e fundo de sua substância.    Já presenciei discussões ferinas, carregadas de todos os impropérios possíveis, sempre acompanhadas da frase: “não me importa o que você quis dizer! O que importa é o que você disse! E você disse isto!”. Ora, é como dizer de um lingote de ouro, guardado em uma caixa de bombons: “não me importa que você quis me dar uma barra de ouro! Eu exijo uma barra de chocolate dentro desta caixa! Você me deu uma caixa de chocolate e eu quero isto!    É certo que em rel…

DAS PALAVRAS

"Mais importante do que dizem as palavras é o que realmente elas querem dizer!"

                                                                               (Maurício Palmeira)

AUTORRETRATO

Pediram-me, apenas por vã vingança, Que lhes expusesse um retrato meu. Logo eu que já me desfiz da pujança, E que em breve serei pobre pigmeu.
E, dessa experiência singular, Obtive uma valorosa lição: Que não há mesmo beleza no olhar. Ela se faz na febre da emoção!
Sim, percebem, claro, minha voz rouca, Contemplam, hilários, os meus trejeitos. Mas sabem que a pressão não se faz pouca.
Na missão de lhes passar os preceitos, Duvida-se  que haja vida mais louca Do que ensinar expondo seus defeitos!
**********************************************