16 agosto 2011

EXERCÍCIOS DE HOMÔNIMOS E PARÔNIMOS





01. Assinale a alternativa correta:
“Pedro e João ____ entraram em casa perceberam que as coisas não iam bem, pois sua irmã caçula escolhera um ____ momento para comunicar aos pais que iria viajar nas férias; _____ seus, dois irmãos deixaram os pais _____ sossegados quando disseram que a jovem iria com os primos e a tia.”

a) mau - mal - mais - mas;
b) mal - mal - mais - mais;
c) mal - mau - mas - mais;
d) mal - mau -mas - mas;
e) mau - mau - mas - mais.

02. Complete as lacunas com (estada / estadia /onde / aonde):
“_______ quer que eu me hospede, procuro logo saber o preço da _______, quanto custa a _______de um carro alugado, bem como _______ se possa ir à noite.”

a) aonde – estadia – estada – onde;
b) onde – estada – estadia – aonde;
c) onde – estadia – estada – aonde;
d) aonde – estada – estadia – onde;
e) onde – estadia – estadia – aonde.

03.  - Assisti ao ________ do balé Bolshoi;
       - Daqui ______ pouco vão dizer que ______ vida em Marte.
       - As _________ da câmara são programas de humor.
       - ___________ dias que não falo com Alfredo.

Escolha a alternativa que oferece a sequência correta de vocábulos para as lacunas existentes:

a) concerto – há – a – cessões – há;
b) conserto – a – há – sessões – há;
c) concerto – a – há – seções – a;
d) concerto – a – há – sessões – há;
e) conserto – há – a – sessões – a .

04. “O _______ de veículos de grande porte, em vias urbanas, provoca ________ no trânsito; forçando a que os motoristas dos carros menores ________,muitas delas, completamente sem _________ ;

a) tráfico – infrações – inflijam – concerto;
b) tráfego – infrações – inflijam – conserto;
c) tráfego – inflações – infrinjam – conserto;
d) tráfego – infrações – infrinjam – conserto;
e) tráfico – inflações – inflijam – concerto.


05. Preencha as lacunas com um dos termos entre parênteses:
a. O..........................dos senadores é de oito anos. (mandado - mandato)
b. Todos os...........................haviam sido ocupados. (acentos - assentos)
c. A próxima..............................começará atrasada. (seção - sessão)
d. O marido entrou vagarosamente e passou......(despercebido - desapercebido)
e. Após o bombardeio, o navio atingido........................ (emergiu-imergiu)

06. Observe as frases abaixo:
1. O perigo de desabamento está próximo.
2. No levantamento da população de São Paulo houve distorções.
3. Na repartição das armas, a presença do furriel é importante.
4. Toda espécie de contrabando de drogas deve ser repreendido.

Os vocábulos grifados equivalem respectivamente a:
a) iminente, censo, seção e tráfego.
b) iminente, censo, seção e tráfico.
c) eminente, senso, cessão e tráfico.
d) eminente, senso, sessão e tráfego.

07. Em: O Prefeito ratificou o Decreto e O Prefeito retificou o Decreto, as palavras sublinhadas podem ser substituídas, sem que haja perda de sentido, por,
respectivamente:

a) modificou / publicou
b) escolheu / saudou
c) anunciou / arquivou
d) apresentou / incorporou
e) confirmou / corrigiu

08.  Assinale o item em que ocorre, ou não, erro no emprego das homófonas há, a e à:
a) Já estou em Brasília há 25 anos.
b) Ainda há dúvidas quanto e este assunto?.
c) Já iniciamos a sessão a quinze minutos.
d) parece que ele voltou à infância.
e) O resultado sairá daqui a pouco.

09. Assinale a alternativa em que as formas completam corretamente as lacunas das frases, pela ordem:
1. Ele foi logo embora e ninguém sabe o ..............
2. Nomearam-no ................?
3 ........................ vos entristeceis?
4. Muita maldade acontece .......... o dinheiro é o grande envenenador da alma.
a) por que, por quê, porquê, porque.
b) por quê, por que, porquê, porque.
c) porque, porquê, por quê, por que.
d) porquê, porquê, por que, por quê.
e) porquê, por quê, por que, porque.

10. Assinale a alternativa em que HÁ ERRO na palavra ou expressão que exprime causa:
a) Por que você não se cala?
b) Eu sei o motivo por que você está rindo.
c) Essa é a razão porque não me calo.
d) Você vai ser castigado, por quê?
e) Quem sabe o porquê de tudo?

11. Indique a letra na qual as palavras completam, corretamente, os espaços das frases abaixo.
- Quem possui deficiência auditiva não consegue ______ os sons com nitidez.
- Hoje são muitos os governos que passaram a combater o ______ de entorpecentes com rigor.
- O diretor do presídio ______ pesado castigo aos prisioneiros revoltosos.
a) discriminar - tráfico - infligiu
b) discriminar - tráfico - infringiu
c) descriminar - tráfego - infringiu
d) descriminar - tráfego - infligiu
e) descriminar - tráfico - infringiu

12.  "Durante a .......... solene era .......... o desinteresse do mestre diante da .......... demonstrada pelo político."
      a) seção - fragrante - incipiência
      b) sessão - flagrante - insipiência
      c) sessão - fragrante - incipiência
      d) cessão - flagrante - incipiência
      e) seção - flagrante - insipiência

13. A frase onde os homônimos e / ou parônimos em destaque estão com significação invertida é:
      a) Era iminente a queda do eminente deputado.
      b) A justiça infringe uma pena a quem inflige a lei.
      c) Vultosa quantia foi gasta para curar sua vultuosa face.
      d) O mandado de segurança impediu a cassação do mandato.
      e) O nosso censo depende exclusivamente do senso de    
          responsabilidade do IBGE.                       

14.  Assinale a alternativa em que não está correta a sentença:
a) Há cerca de cinquenta mil candidatos inscritos para o concurso.
b) Discursou a cerca do programa de recuperação dos cerrados.
c) Não o vejo há cerca de vinte anos.
d) A fazenda fica a cerca de uma hora de carro de São Paulo.
e) Sua opinião acerca da proposta deve ser considerada.

15. As frases a seguir estão dispostas aos pares. Leia-as com atenção e depois assinale a alternativa em que houve inversão no emprego das palavras destacadas.
 
I.   Falou demais durante o jantar.
     Necessito de mais água no reservatório.
 
II.  Preciso tomar providências, se não ficarei endividado.
    Senão chover, perderemos a plantação.
 
III. Discutiremos novas ideias acerca de paisagismo.
     Estamos sem moradia própria há acerca de um ano.
 
a) Nas opções I e II.
b) Apenas na opção III.
c) Apenas na opção II.
d) Nas opções II e III.
e) Nas opções I e III.

16. Assinale a opção que completa corretamente as lacunas da frase abaixo:
Certas transformações __________ passou a nossa arquitetura não teriam ocorrido, _________houvesse a intervenção de certos fatores como a diferença de clima e de condições de vida.
a) por que/ se não;
b) porquê/ senão;
c) porque/ se não;
d) porque/ senão;
e) por que / senão.

17. Preencha as lacunas das sentenças abaixo:
I - Gastaram somas ......... (vultosas / vultuosas) para evitar o perigo;
II - Ela tem o grave ......... (se não / senão) de ser invejosa;
III - A cidade de que ......... (há / a) pouco você falou não mais existe;
IV - Ainda vou descobrir o ........ (porquê / porque / por quê / por que) dessa polêmica.
Temos, respectivamente:
a) Vultosas / senão / a / por quê; b) vultuosas / senão / a / porquê;
c) vultuosas / se não / há / porquê; d) vultosas / senão / há / porquê.

18. Assinale a alternativa correta:
a) Não disse se quer uma palavra para agradecer.
b) Sequer pedir demissão, peça.
c) Não posso formar se quer um único jardim
d) Sequer passar em concurso, estude muito.
e) Não há probabilidade sequer de chuvas.

19. Os sinônimos de ignorante- iniciante - sensatez - confirmar, são respectivamente:
a) incipiente - insipiente - descrição - retificar;
b) incipiente - insipiente - discrição – ratificar;
c) insipiente - incipiente - descrição - ratificar;
d) insipiente - incipiente - discrição - ratificar;
e) incipiente - insipiente - descrição – ratificar

20. Trate de arrumar o aparelho que você quebrou e costurar a roupa que você rasgou, do contrário não saíra de casa nesse final de semana.
As palavras destacadas podem ser substituídas por:

a) concertar, coser e se não.
b) consertar, coser e senão.
c) consertar, cozer e senão.
d) concertar, cozer e senão.
e) consertar, coser e se não.

 Gabarito: 


01.   c) mal - mau - mas - mais;
02.   b) onde – estada – estadia – aonde;
03.   d) concerto – a – há – sessões – há;
04.  d) tráfego – infrações – infrinjam – conserto;
05.  a. ( mandato)
       b. ( assentos)
       c. ( sessão)
       d. (despercebido)
       e. ( imergiu)
06.  b) iminente, censo, seção e tráfico.
07.  e) confirmou / corrigiu
08.   c) Já iniciamos a sessão a quinze minutos.
09. 
e) porquê, por quê, por que, porque.
10.  c) Essa é a razão porque não me calo.
11.  a) discriminar - tráfico - infligiu
12.   b) sessão - flagrante - insipiência
13.  b) A justiça infringe uma pena a quem inflige a lei.
14.   b) Discursou a cerca do programa de recuperação dos cerrados.
15.  c) Apenas na opção II.
16.  a) por que/ se não;
17. d) vultosas / senão / há / porquê.
18. e) Não há probabilidade sequer de chuvas.
19. d) insipiente - incipiente - discrição - ratificar;
20.  b) consertar, coser e senão.
 


*******************************************************

03 agosto 2011

EXEMPLO DE REDAÇÃO DISSERTATIVA


 
















Solidão: O mal da Modernidade

   Entre outras mazelas da sociedade contemporânea, o homem tem vivido e convivido com a solidão. Esta alteração dos padrões sociais pode ser entendida a partir da competitividade imposta nos mais variados níveis, bem como pelos hábitos de relações virtuais.
     Sabe-se que, para a obtenção do sucesso, tanto profissional quanto pessoal, há pessoas que acabam esquecendo de sua dependência natural aos demais semelhantes, criando-se assim, uma postura de individualidade. Discordando de opiniões alheias e aceitando somente as suas como válidas, esses indivíduos acabam afastando os outros ou até mesmo fomentando rivalidades. Talvez, o reconhecimento almejado possa ser conquistado nessas circunstâncias, por outro lado, a consequência será a plena solidão.
     É de conhecimento comum que, atualmente, a internet tornou-se um mecanismo fundamental para a comunicação. São muitos os que utilizam desse meio para suas relações interpessoais, onde também encontram pessoas com interesses afins. O problema está no falso sentimento de que, ali, na rede virtual, há amigos com quem, verdadeiramente, se possa contar. limitando-se ao isolamento frente a uma tela de computador, as chances de ser alguém, efetivamente, socializado são mínimas.
    A verdade é que a solidão não passa de uma má escolha. Há quem sempre conviveu com ela, outros que optaram por esse estilo de vida, se assim se pode chamá-lo. De qualquer forma, basta reconhecer que, para ser, verdadeiramente, feliz, a presença física do outro é indispensável.

**************************************************
A título de esclarecimento:
em vermelho - a tese (a solidão )
em azul - argumento 1 (competitividade )
em laranja - argumento 2 (hábitos de relações virtuais )
o último parágrafo retoma a tese (a solidão)

Texto do aluno Rafael de Mira Alves -  3º ano do ensino médio ( SENAI- Sul)

02 agosto 2011

O Brasil e o Apartheid Social


    O mundo deu muitas voltas. Caíram barreiras, referências, mitos e muros. A História não coube em teorias. As teorias negaram suas promessas. O capitalismo continuou produzindo miséria, mas o socialismo avançou sem conseguir eliminá-la.[...] Depois de 100 anos de socialismo e capitalismo, a miséria no mundo aumentou, a economia transformou-se num código de brancos e numa fábrica de exclusão racionalizada. A modernidade produziu um mundo menor do que a humanidade. Sobraram bilhões de pessoas. Não se previu espaço para elas nos vários projetos internacionais e nacionais. No Brasil, essa exclusão tem raízes seculares. De um lado, senhores, proprietários, doutores. Do outro, índios, escravos, trabalhadores, pobres. Isso significa produzir riqueza pela produção da pobreza.

Herbert de Souza “Reflexões para o Futuro”, Edição Veja 25 anos.


********************************************************************* 

Considerando os textos acima e suas vivências de mundo, escreva um texto dissertativo, entre 25 e 30 linhas, sobre o tema :


O Brasil e o Apartheid Social


********************************************