30 junho 2011

DISSERTAÇÃO


























A partir da introdução abaixo, dê continuidade à dissertação 
( perceba os argumentos em vermelho a serem desenvolvidos):

Solidão: O mal da Modernidade
 
            Entre outras mazelas da sociedade contemporânea, o homem tem vivido e convivido com a solidão. Essa alteração dos padrões sociais pode ser entendida a partir da competitividade imposta nos mais variados níveis, bem como  pelos hábitos de relações virtuais.
           .............................................................................................................................
.............................................................................................................................
.............................................................................................................................
.............................................................................................................................
.............................................................................................................................
.............................................................................................................................
.............................................................................................................................
.............................................................................................................................
.............................................................................................................................
              ...............................................................................................................
.............................................................................................................................
.............................................................................................................................
 ............................................................................................................................
............................................................................................................................
.............................................................................................................................
............................................................................................................................
.............................................................................................................................
.............................................................................................................................
              ...............................................................................................................
.............................................................................................................................
.............................................................................................................................
.............................................................................................................................
.............................................................................................................................




*********************************************************************************************



02 junho 2011

EXERCÍCIOS DE ANÁLISE SINTÁTICA





















01. O amor  transforma a vida.
a) Objeto indireto
b) Objeto direto
c) Objeto direto preposicionado
d) Complemento nominal
e) Agente da passiva

02. Revele-me seus segredos.
a) Objeto indireto
b) Objeto direto
c) Objeto direto preposicionado
d) Complemento nominal
e) Adjunto adnominal

03. O professor confia em seus alunos.
a) Objeto indireto
b) Adjunto adverbial
c) Objeto direto preposicionado
d) Complemento nominal
e) Agente da passiva

04. Brasileiro ama futebol.
a) Objeto indireto
b) Objeto direto
c) Adjunto adverbial
d) Complemento nominal
e) Agente da passiva

05. Ao jogo, assisti a ele apreensivo.
  
a) Objeto indireto
b) Objeto indireto pleonástico
c) Objeto direto preposicionado
d) Complemento nominal
e) Vocativo

 06. Só evito a quem me irrita.
a) Objeto indireto
b) Objeto indireto pleonástico
c) Objeto direto preposicionado
d) Complemento nominal
e) Adjunto adverbial


07. Sua casa vivia repleta de amigos.
a) Objeto indireto
b) Adjunto adnominal
c) Objeto direto preposicionado
d) Complemento nominal
e) Agente da passiva

08. A sorte escolhe a uns e rejeita a outros.
a) Objeto indireto
b) Objeto direto preposicionado
c) Objeto indireto pleonástico
d) Adjunto adnominal
e) Agente da passiva

09. Concluí que a mim não me feri. 

a) Objeto direto pleonástico
b) Objeto direto
c) Objeto indireto pleonástico
d) Adjunto adnominal
e) Adjunto adverbial

10. Prestem atenção, meus queridos!
a) Complemento nominal
b) Vocativo
c) Adjunto adnominal
d) Adjunto Adverbial
e) Objeto direto

11. Meus alunos eu os conheço muito bem!
a) Adjunto Adnominal
b) Objeto indireto
c) Objeto direto pleonástico
d) Aposto
e) Agente da passiva

12. Todo aluno que pretende ter sucesso deve desenvolver o gosto pela leitura.
 a) Objeto indireto
b) Adjunto adnominal
c) Adjunto adverbial
d) Complemento nominal
e) Agente da passiva
 

13. Aos políticos, o que lhe pedimos é decência!
a) Objeto indireto pleonástico
b) Complemento nominal
c) Adjunto Adnominal
d) Aposto
e) Agente da passiva

14. O Brasil é saqueado pelos políticos.
a) Adjunto adnominal
b) Agente da passiva
c) Aposto
d) Objeto indireto
e) Adjunto adverbial

15. Seu intelecto foi fortalecido pela leitura.
a) Adjunto adnominal
b) Agente da passiva
c) Aposto
d) Objeto indireto
e) Adjunto adverbial

 16. Nosso professor querido ensina bem!
a) Complemento nominal
b) Agente da passiva
c) Adjunto adnominal
d) Adjunto Adverbial
e) aposto

 
17. Já se sente a chegada do inverno.
a) Complemento nominal
b) Agente da passiva
c) Adjunto adnominal
d) Adjunto Adverbial
e) aposto


18. "Não nos deixeis cair em tentação."
a) Complemento nominal
b) Agente da passiva
c) Adjunto adnominal
d) Adjunto Adverbial
e) Vocativo

19. Carlos e José são ótimos alunos; este em Física e aquele em Biologia.
a) Complemento nominal
b) Agente da passiva
c) Adjunto adnominal
d) Aposto
e) Objeto direto

20. Talvez comecemos a entender este assunto.
a) Complemento nominal
b) Agente da passiva
c) Adjunto adnominal
d) Adjunto Adverbial
e) Aposto


21. Gregório de Matos, O Genial Canalha, é considerado o primeiro poeta brasileiro.
a) Complemento nominal
b) Agente da passiva
c) Adjunto adnominal
d) Adjunto Adverbial
e) Aposto


22. Meu Deus, o que é isto?
a) Complemento nominal
b) Vocativo
c) Adjunto adnominal
d) Adjunto Adverbial
e) Aposto

GABARITO:
1B -2A - 3A -4B -5B -6C -7E -8B -9B -10B -11C -12D 
13A -14B -15B -16C -17C -18D -19D -20D -21E -22B



*******************************************************




 





EXERCÍCIOS DE ANÁLISE SINTÁTICA

























Associe as colunas convenientemente:

( 1 )  Objeto Direto
( 2 )  Objeto Indireto
( 3 )  Objeto Direto Preposicionado
( 4 )  Objeto Direto Pleonástico
( 5 )  Objeto Indireto Pleonástico
( 6 )  Complemento Nominal
( 7 )  Agente Da Passiva
( 8 )  Adjunto Adnominal
( 9 )  Adjunto Adverbial
(10)  Aposto
(11)  Vocativo

(     ) A família, base da sociedade, precisa ser valorizada.
(     ) Ao seu colega, não lhe diga nomes feios.
(     ) O livro, li-o de uma só vez.
(     ) Vimos alguém suspeito.
(     ) O professor é estimado pelos alunos.
(     ) A chegada do inverno é iminente.
(     ) Os alunos estimam ao professor.
(     ) Comer demais é prejudicial à saúde.
(     ) Todos precisam de afeto.
(     ) Os alunos leem  regularmente.
(     ) Meus alunos, os melhores do colégio, jamais colaram nas provas.
(     ) Professor , este exercício está muito fácil!
(     ) Seremos recompensados por nossos esforços.
(     ) Meu Deus, ajude-me a resolver estes exercícios!
(     ) Eu nunca disse tais palavras!
(     ) A jovem tinha lindos olhos azuis.
(     ) Nunca aprendi este assunto.
(     ) Todos simpatizam com o professor.
(     ) Presenteou o aluno ao professor.
(     ) Os exercícios, não os achamos difíceis.
(     ) A nós, quem nos dará apoio?
(     ) Alguns convidados beberam do vinho em demasia.
(     ) Respeitem-nos porque somos mais velhos.
(     ) Peçam-nos desculpas pelo insulto.
(     ) A leitura do texto  agradou a todos.
(     ) A leitura do aluno agradou a todos.
(     ) Vamos resolver este exercício com calma.
(     ) O Brasil, país de muitas riquezas, convive com a miséria.
(     ) Querida, cheguei!
(     ) Os pais são responsáveis por seus filhos.
(     ) Os pais são ludibriados por seus filhos.
(     ) O professor, sempre o estimamos.
(     ) Aos mortais, nada lhes devo.


*********************************************************************************

EXERCÍCIOS DE CRASE

















01. O uso do acento grave é injustificável  em:
a) Lembrem-se às autoridades de terem sempre em mente o valor da prevenção.
b) Não cabe às pessoas de boa fé repudiar medidas de prevenção ao crime.
c) É penoso assistir às cenas de violência que se multiplicam nas metrópoles.
d) Atribui-se às medidas preventivas uma eficácia maior que a da repressão.
e) À inteligência da prevenção opõem-se aqueles que preferem a força da repressão.

02. Dê ciência.....todos de que não mais se atenderá.....pedidos que não forem dirigidos....diretoria.
a) a-a-a
b) a-à-a
c) a-a-à
d) à-à-a
e) à-a-à

03. Assinale a alternativa em que há uso incorreto do sinal da crase.
a) Toda essa situação se deve à instabilidade da taxa de inflação.
b) Referindo-se à salários do último mês, comentou a inviabilidade de se manter aquele número de funcionários na empresa.
c) Não é  à  toa que amealhou que tem.
d) Em clima de grande emoção, chegou a tecer elogios, inclusive àqueles que sempre o criticaram.
e) Devemos incentivá-los  a dar continuidade à sua tarefa de informar a verdade sobre a situação do país.

04. Indique a alternativa que permite preencher corretamente vazios do texto abaixo.
Aguardava.....carta......muito tempo e, como não chegasse, ele referia-se.....todo instante......conseqüências desastrosas que.....demora tenderia.....provocar.
a) a-a-a-às-a-a
b) a-há-a-às-a-a
c) a-há-a-as-a-a
d) a-à-a-as-a-a
e) à-à-a-as-a-à

05. Indique a alternativa em que o sinal indicativo da crase é facultativo;
a) Voltou a casa do juiz.
b) Chegou às três horas.
c) Voltou à minha casa.
d) Devolveu as provas àquela aluna.
e) Voltou às pressas.

06. Se você preferir ler....sair, não deixe de folhear os livros....conteúdo o professor fez referência.
a) a - a cujo
b) a - cujo
c) do que - cujo o
d) do que – cujo
e) do que – de cujo o

07. Identifique a frase em que o a destacado deve ter o acento grave indicador da crase.
a) Obedeça as regras do trânsito.
b) Encontram-se face a face.
c) Dirijo-me agora a  Vossa  Excelência.
d) É uma campanha digna, a cuja disposição me ponho.
e) Diga não a tudo isto.

08. Quais as palavras que completariam as lacunas ?
Descendo.....terra,....noite, o marinheiro viu um homem que vinha....pé.
a) à-à-à
b) a-a-a
c) a-à-a
d) à-à-a
e) a-à-à

09. Observem as frases abaixo:
a) Refiro-me  aquilo que disseste.
    Não vou a festas.
b) Encostei o corpo a parede.
    Ele tem estilo a Eça de  Queirós
c) O professor dedicou um discurso a tua vitória.
    Dei um presente a Joaninha.
d) O navio já regressou a terra.
     Ele falou as claras.

Marque  a opção, que satisfaça às condições:
a) Se houver crase obrigatória nas duas frases.
b) Se houver crase obrigatória apenas na primeira frase.
c) Se houver crase obrigatória na segunda frase.
d) Se não houver crase em  nenhuma frase.
e) Se a crase for facultativa em ambas as frases.

10. Identifique a frase em que o anão deve levar o sinal indicativo da crase:
a) Dirigi-me apressado àquela farmácia.
b) Refiro-me àquele rapaz que foi teu colega.
c) Àquela hora todos já se tinham recolhido.
d) Quero agradecer àquele rapaz as atenções que me dispensou.
e) Fui para àquela praça, mas não a encontrei.

11. Assinale a alternativa cujo uso da crase não procede :
a) A nação à qual te referes é o Brasil.
b) Não deves obediência  às leis injustas.
c) Dei tudo à esta velhinha.
d) Os moços vestem-se  à Luís  XV.
e) Não vá de trem à cidade, vá  a cavalo.

12. Identifique a  única frase em que há erro no que se refere ao emprego do acento grave para indicar o fenômeno da crase:
a) Se a instituição resistiu à uma devassa como essa é porque nada tem de condenável.
b) O almoço será à uma hora: quem chegar atrasado não almoça.
c) Esperava por eles, sentado à porta, ou encostado à janela.
d) Estou feliz porque servi de olhos a um cego.
e) Todos, à uma, denunciavam o motorista do ônibus como culpado.

13. Há uma oração em que não se atendeu ao emprego da crase. Identifique-a:
a) A cem milhas horárias, você encontrará um posto à direita, a meia hora daqui.
b) Às brutas, entrou porta adentro.
c) Responda à  Sua  Senhoria com a consideração à que está acostumado
d) Saiu-se à mãe, esta se parece à  avó.
e) Dispostas a ouvi-la,  postaram-se à porta de sua casa.

14. Leia as frases a seguir:
A conclusão do inquérito foi prejudicial.....toda categoria.
Mostrou-se insensível....qualquer argumentação.
Esse prêmio foi atribuído.....melhor aluna do curso.
Faço restrições.....ter mais elementos no grupo.

Identifique a alternativa que, na seqüência,  preenche as lacunas corretamente:
a) a-a-à-a
b) à-à-à-à
c) à-à-a-a
d) à-à-a-à
e) a-a-à-à


15.  Dadas as sentenças:
1. Meu irmão dedicou-se à  áreas literárias.
2. Estamos à espera de socorro.
3. Transmita esta informação à Sua  Excelência.

Deduzimos que:
a) Apenas a sentença  nº 1 está correta.
b) Apenas a sentença  nº 2  está  correta.
c) Apenas a sentença  nº 3 está  correta.
d) Apenas as sentenças nº 1 e nº 3.
e) Todas estão corretas.

*****************************************************************************