Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Março, 2011

VOO LIVRE

“ O pobre homem, já prestes a pular da ponte, olhava todos em volta, como a procurar quem o socorresse. Eu, que estava mais próximo, achei-me na obrigação de ajudá-lo. Falei-lhe a pouco menos de um metro:”- Não faça isso, amigo! “ Observei, pela aliança que trazia no dedo da mão esquerda, tratar-se de um homem casado, e pelo terno e pasta executiva, deduzi fosse homem de negócios. Arrisquei, então esta frase:  Pense em sua esposa, em seu emprego.     Ouvindo o que eu falava, o infeliz não teve dúvidas: Atirou-se da ponte num mergulho mortal sobre o asfalto que o esperava vinte metros abaixo. Minhas palavras foram o estímulo e a coragem de que precisava para pôr fim à vida.          Informaram-me horas depois que o suicida havia perdido o emprego após longos anos de dedicação e trabalho e, chegando em casa arrasado, surpreendeu sua esposa enroscada ao corpo  nu do diretor da empresa de que fora demitido.  
                                                                              …

SOBRE OS POLÍTICOS

Os políticos são pessoas que verdadeiramente fazem algo a partir do nada. Pouco de concreto têm a oferecer. Não são engenheiros nem artistas; nada constroem. São manipuladores; oferecem seus serviços de manipulação. Como nada têm a oferecer, raramente sabem o que querem. Por vezes afirmar querer o poder. Mas o definem de modo vago e impreciso. O que é poder? A limusine com chofer e bancos forrados de fino linho branco, os agentes de segurança esperando no portão, os criados hábeis e respeitosos? Mas isto é apenas comodismo, coisa que pode ser adquirida por qualquer um a qualquer momento, num hotel de primeira. É o poder de intimidar, humilhar, vingar-se? Mas esta é a espécie mais efêmera de poder, que desaparece tão depressa quanto surge; e o verdadeiro político é aquele que quer jogar o jogo o resto da vida. O político é mais do que um homem imbuído de uma causa , mesmo quando a causa em questão é apenas subir na vida. Ele é impelido por alguma magoazinha, uma falhazinha. Ele t…

AÍ, GALERA

Jogadores de futebol, podem ser vítimas de estereotipação. Por exemplo, você pode imaginar um jogador de futebol dizendo “estereotipação”? É, no entanto, por que não?
      – Aí, campeão. Uma palavrinha pra galera.
      – Minha saudação aos aficionados do clube e aos demais esportistas, aqui presentes ou no recesso dos seus lares.
      – Como é?
      – Aí, galera.
      – Quais são as instruções do técnico?
      – Nosso treinador vaticinou que, com um trabalho de contenção coordenada, com energia otimizada, na zona de preparação, aumentam as probabilidades de, recuperando o esférico, concatenarmos um contragolpe agudo com parcimônia de meios e extrema objetividade, valendo-nos da desestruturação momentânea do sistema oposto, surpreendido pela reversão inesperada do fluxo da ação.
      – Ahn?
      – É pra dividir no meio e ir pra cima pra pegá eles sem calça.
      – Certo. Você quer dizer mais alguma coisa?
      – Posso dirigir uma mensagem de caráter sentimenta…

AUTORRETRATO (MANUEL BANDEIRA)

Provinciano que nunca soube
Escolher bem uma gravata;
Pernambucano a quem repugna
A faca do pernambucano;
Poeta ruim que na arte da prosa
Envelheceu na infância da arte,
E até mesmo escrevendo crônicas
Ficou cronista de província;
Arquiteto falhado, músico
Falhado (engoliu um dia
Um piano, mas o teclado
Ficou de fora); sem família,
Religião ou filosofia;
Mal tendo a inquietação de espírito
Que vem do sobrenatural,
E em matéria de profissão
Um tísico profissional.

****************************************************
(Observação: Optei por deixar a escrita original do título e, portanto, anterior à reforma ortográfica.  ( auto-retrato = autorretrato )

AUTORRETRATO (MARIO QUINTANA)

No retrato que me faço
- traço a traço -
às vezes me pinto nuvem,
às vezes me pinto árvore...

às vezes me pinto coisas
de que nem há mais lembrança...
ou coisas que não existem
mas que um dia existirão...

e, desta lida, em que busco
- pouco a pouco -
minha eterna semelhança,

no final, que restará?
Um desenho de criança...
Terminado por um louco!

RETRATO (CECÍLIA MEIRELES)

Eu não tinha este rosto de hoje,
assim calmo, assim triste, assim magro,
nem estes olhos tão vazios,
nem o lábio amargo.

Eu não tinha estas mãos sem força,
tão paradas e frias e mortas;
eu não tinha este coração
que nem se mostra.

Eu não dei por esta mudança,
tão simples, tão certa, tão fácil:
- Em que espelho ficou perdida
a minha face?

EMPREGO DO HÍFEN

Palavras e expressões mais usadas com ou sem hífen, atualizadas conforme                             
o Acordo Ortográfico.    A a fim de
à queima-roupa
à toa 1
à vontade
abaixo-assinado
ab-rupto 2
acerca de
aeroespacial
afro-americano
afro-asiático
afro-brasileiro
afrodescendente
afro-luso-brasileiro
agroindustrial
água-de-colônia
além-Brasil
além-fronteiras
além-mar
amor-perfeito
andorinha-do-mar
anel de Saturno
anglomania
anglo-saxão
ano-luz
antessala
antiaderente
antiaéreo
antieconômico
anti-hemorrágico
anti-herói
anti-higiênico
anti-ibérico
anti-imperialista
anti-infeccioso
anti-inflacionário
anti-inflamatório
antirreligioso
antissemita
antissocial
ao deus-dará
arco e flecha
arco-da-velha
arco-íris
arqui-inimigo
autoadesivo
autoafirmação
autoajuda
autoaprendizagem
autoeducação
autoescola
autoestima
autoestrada
auto-hipnose
auto-observação
auto-ônibus
auto-organização
autorregulamentação
ave-maria
azul-escuro B Baía de Todos-os-Santos
belo-horizontino
bem-aventurado
bem-criado
bem-d…

ESTUDO DO PREDICADO

Predicado é tudo que se declara do sujeito, ou seja, é tudo que há na frase excluindo-se sujeito.

Ex.: Às vezes, os bons conselhos parecem censura.

Predicado Verbal

O predicado verbal é aquele cujo núcleo possui, obrigatoriamente, um verbo transitivo ou um verbo intransitivo. O verbo é núcleo do predicado quando é nocional, ou seja, quando denota uma ação.

Ex.: Nem todos gostam de gramática.

Observe na frase que o verbo “gostam” evidencia uma ação: o ato de gostar, e diz respeito ao sujeito “nem todos” ao mesmo tempo que é complementado pelo restante do predicado “de gramática”. Uma vez que o núcleo do predicado é o verbo “gostam”, chamamos o predicado de verbal.

Predicado Nominal

No predicado nominal o núcleo do predicado é um nome, cuja função sintática é de predicativo do sujeito.
Predicativo do sujeito é um termo que se liga ao sujeito, dando-lhe significado, atributo, característica ao sujeito ou, ainda, exprime seu estado ou modo de ser. O predicativo é conectado ao suj…