Pular para o conteúdo principal

REGÊNCIA VERBAL - E























E

ELEVAR
1. algo A alguém (dirigir, erguer)
_ O verdadeiro cristão eleva seu pensamento a Deus.

ELIMINAR
1. algo ou alguém DE algo ou algum lugar (expulsar, retirar)
_ Foi preciso eliminar os arquivos comprometedores do computador.
_ O chefe eliminou o inadimplente da cooperativa.

EMANAR
1. DE algo, alguém ou algum lugar (provir; originar-se)
_ Um perfume inebriante emanava dos lírios.
_ O poder emana das autoridades.
_ Um cheirinho de comida emanava da cozinha.

EMANCIPAR
1. alguém DE algo (livrar; tornar independente)
_ O juiz emancipou a jovem da tutela dos avôs.

EMBARCAR
1. EM algo (entrar para viajar)
_ Os agricultores embarcaram em um caminhão superlotado.

2. EM algo (cair em logro de; deixar-se levar por)
_ Meu cunhado embarcou na conversa do agiota e acabou roubado.

EMBASAR
1. algo EM algo (basear)
_ A nova contratada embasou sua tese nos estudos clássicos.

(~) se EM algo
_ Eu me embasei em tecnologias avançadas para este novo experimento.

EMBEBER
1. algo EM algo (ensopar; molhar completamente)
_ Para limpá-lo, embeba uma flanela em álcool e esfregue suavemente toda a superfície.

EMBIRRAR
1. COM alguém ou algo (antipatizar; ter aversão a)
_ Muitos homens embirram com a sogra.
_ Embirro com os sapatos de minha tia.

2. EM algo (teimar)
_ Embirrou em não sair mais do quarto.

EMENDAR
1. ~ (se) DE algo (corrigir-se)
_ Não é fácil emendar-se de um vício enraizado.

EMITIR
1. algo A, PARA alguém (enviar)
_ Emiti um telegrama a (para o) meu amigo.

EMPANTURRAR
1. alguém DE algo (fartar[-se], empanzinar[-se])
_ Empanturrei as crianças de sorvete.
_ Na festa, a noiva empanturrou-se de docinhos.

EMPATAR
1. COM algo (igualar em resultado)
_O Flamengo empatou com o São Paulo.

2. algo EM algo (aplicar, investir)
_ O empresário empatava uma fortuna em ações.

EMPENHAR
1. algo EM algo (dedicar, empregar, investir)
_ O advogado empenhara todas as energias na absolvição do réu.

2. ~ (se) EM algo (dedicar-se, esforçar-se)
_ Os atletas se empenham nos treinamentos.

EMPOSSAR
1. alguém EM algo (dar posse a)
_ O diretor empossou Marisa no cargo de gerente comercial.

EMPREGAR
1. algo EM algo (dedicar, gastar, investir)
_ Empregamos muito dinheiro na reforma do prédio.

EMPRESTAR
1. algo A, PARA alguém (dar como empréstimo)
_ O banco emprestou dinheiro ao (para o) antigo cliente.

2. algo A, PARA algo (conferir, dar, imprimir)
_ Aquele novo amor emprestara sentido à (para a) sua vida.

3. algo DE alguém (receber; tomar emprestado)
_ Emprestei de minha amiga um vestido e joias.

EMPURRAR
1. algo A alguém (impingir; obrigar alguém a)
_ O vendedor empurrou mercadorias falsificadas ao comprador inocente.

ENCADEAR
1. algo A algo (coordenar, ligar)
_ O prefeito encadeava suas palavras às do diretor.

ENCAFIFAR
1. EM + verbo no infinitivo (cismar, teimar)
_ A minha filhinha encafifou em querer aquele videogame.

ENCAIXAR
1. alguém EM algum lugar (empossar, inserir)
_ Conseguiu encaixar o afilhado na empresa do amigo.

ENCAMINHAR
1. algo A, PARA alguém (enviar)
_ Já encaminhamos os pedidos de bolsa aos (para os) responsáveis da entidade.

ENCARNAR
1. EM alguém (corporificar, incorporar)
_ Oxum encarnou na mulher do pai de santo.

2. EM algo ou alguém (apoderar-se de; tomar vulto)
_ Na próxima década, veremos o existencialismo encarnar cada vez mais no cinema.
_ Parece que a sabedoria encarnou em todos os candidatos.

ENCARREGAR
1. alguém DE algo (incumbir[se])
_ O redator chefe encarregaria seu secretário da redação da nova proposta.
_ Só o caçula encarregou-se de dirigir os negócios da família.

ENCASQUETAR
1. COM algo ou alguém (cismar)
_ Ela encasquetou com a ideia de abrir uma floricultura.
_ O rapaz encasquetou-se com aquela moça e ninguém é capaz de fazê-lo desistir.

ENCHARCAR
1. algo DE algo (ensopar; molhar muito)
_ Encharquei minha blusa de vinho.

2. ~ (se) DE algo (embriagar-se)
_ Foi ao bar e encharcou-se de cachaça.

ENCHER
1. alguém DE algo (abarrotar, cobrir)
_ A avó encheu as crianças de presentes.

2. ~ (se) DE algo (amontoar-se, apinhar-se)
_ A sala enchia-se de convidados.

ENCOBRIR
1. algo DE alguém (esconder)
_ Encobri meus pecados do confessor.

ENCOMENDAR
1. algo A, PARA alguém (encarregar, pedir)
_ Encomendou um vestido e um tailleur à (para a) costureira.

ENCONTRAR
1. ~ (se) COM alguém (ir ao encontro de)
_ Quando estava na faculdade, encontrava-se com o namorado só nos fins de semana.

ENCORAJAR
1. alguém A + oração infinitiva (estimular, incentivar)
_ O apoio da família encorajou-me a assumir o cargo.
 .
ENCRENCAR
1. COM alguém (criar conflito; desentender-se)
_ Essa freguesa encrencou com o balconista da loja sem nenhum motivo.

ENCRESPAR
1. COM alguém (implicar)
_ Vivia encrespando com a irmã mais nova.

ENDEREÇAR
1. algo A, PARA alguém (encaminhar, enviar)
_ Ontem, enderecei um comunicado ao (para o) diretor do instituto.

ENFIAR
1. algo EM alguém (bater, malhar)
_ Os policiais enfiaram o pau nos manifestantes.

2. algo EM alguém (calçar, vestir)
_ A babá enfiou a blusa no menino.

3. algo EM algo ou alguém (fazer entrar; introduzir)
_ Para descontar a raiva, enfiei a tesoura no travesseiro.
_ Tortura enfiando agulhas nas vítimas.

4. ~ (se) EM algo (meter-se; passar horas)
_ Todo sábado minha irmã enfia-se nos shoppings.

ENGAJAR
1. alguém EM algo (envolver; fazer participar de)
_ A atriz engajou os filhos na campanha publicitária.

ENGALFINHAR
1. ~ (se) COM alguém (atracar-se)
_ O senador engalfinhou-se com o deputado no corredor da assembleia legislativa.

ENGANAR
1. ~ (se) EM algo (errar, equivocar-se)
_ O grupo enganou-se na resposta.

ENGATAR
1. algo A algo (prender)
_ Precisou de ajuda para engatar a carreta ao caminhão.

ENGRAÇAR
1. ~ (se) COM alguém (apaixonar-se, simpatizar-se)
_ O desconhecido engraçou-se com a moça assim que a viu.

2. ~ (se) COM alguém (tomar certas liberdades)
_ Atrevido, vivia se engraçando com as secretárias.

ENGRAVIDAR
1. DE alguém (tornar-se grávida)
_ Minha vizinha engravidou do primo.

ENGROSSAR
1. COM alguém (desentender-se; ser grosseiro)
_ O patrão sempre engrossa com os funcionários.

ENJOAR
1. DE algo ou alguém (desgostar, entediar-se)
_ Enjoei de bolo de brigadeiro.
_ Logo após o casamento, enjoou do marido.

ENQUADRAR
1. algo A algo (adaptar)
_ Enquadraram o curso às exigências da reitoria.

2. alguém EM algo (incluir, indiciar)
_ O delegado enquadrou-os na Lei de Segurança Nacional.

ENRABICHAR
1. ~ (se) POR alguém (apaixonar-se)
_ O dançarino enrabicha-se por sua parceira.

ENROLAR
1. alguém EM algo (cobrir, envolver)
_ Enrolou a criança na manta para protegê-la da chuva.

ENSINAR
1. algo A, PARA alguém (lecionar, instruir)
_ Aquela escola ensina português a (para) estrangeiros.

alguém A + verbo no infinitivo
_ O curso ensinava os homens a cozinhar.

ENSOPAR
1. algo DE algo (encharcar, molhar excessivamente)
_ Corri tanto que ensopei a camisa de suor.

ENTENDER
1. DE algo (saber; ter conhecimento)
_ Nunca entendi de arte clássica.

2. ~ (se) COM alguém (entrar em acordo)
_ Os produtores não se entendem com o ministro da Agricultura.

3. POR algo ou verbo no infinitivo (ter concepção ou conceito de)
_ O que se entende por variável?
_ O que vocês entendem por morrer?

ENTERRAR
1. algo EM algo (aplicar ou investir e não ter lucro)
_ Enterrou um dinheirão em maus negócios.

2. algo EM algo ou alguém (cravar ou espetar profundamente)
_ Enterrou o punhal no coração da vítima.
_ Enterrou a faca no inimigo.

3. ~ (se) EM algo (absorver-se)
_ Uma semana antes da prova, enterrou-se nos estudos.

ENTRAR
1. COM algo (colaborar, contribuir)
_ Entramos com boa quantia de dinheiro para a reforma.

2. COM algo (apresentar Ø, interpor Ø)
_ Após a briga, entrei com um pedido de separação.

3. EM algo (estar incluído)
_ Seu nome entrou na lista dos convocados para a Copa.

4. EM, PARA algo (começar a participar de; ingressar)
_ Aconselharam-no a entrar no (para o) comércio atacadista.

5. EM algum lugar (invadir, penetrar)
_ A água da enchente entrava em todas as casas daquela região.

6. EM algo (fazer parte de; ser usado)
_ Ingredientes gordurosos não entram nessa receita.

7. EM algo (envolver-se, intrometer-se)
_ As fofoqueiras gostam de entrar na conversa alheia.

8. EM algo (experimentar Ø; passar a ter Ø)
_ Ela entrou em profunda depressão.

9. EM algo (comer ou beber em demasia Ø)
_ Interrompeu o regime e entrou nos doces.

10. EM algo (alcançar Ø, atingir Ø)
_ Esse ano, minha avó entra nos oitenta.

ENTREGAR
1. algo ou alguém A alguém (confiar)
_ Antes de viajar, entregava as chaves da casa ao amigo.
_ Entregaria a filha à irmã.

2. algo A, PARA alguém (dar; passar às mãos)
_ O reitor entregou os diplomas aos (para os) formandos.

3. algo A, PARA alguém (devolver, restituir)
_ Entregaram o celular roubado ao (para o) legítimo dono.

4. algo A, PARA alguém (dedicar[se], doar[se])
_ Entrega a vida e o coração a (para) Deus.
_ Entregam-se totalmente aos (para os) filhos.

~ (se) A algo
_ João entrega-se totalmente à carreira.

5. alguém A, PARA alguém (delatar)
_ Sob pressão, entregou o companheiro ao (para o) delegado.

6. ~ (se) A algo (abandonar-se, render-se)
_ Sem forças, entregou-se ao sofrimento.

ENTRETER
1. alguém COM algo (brincar, distrair)
_ Entretinha as sobrinhas com jogos de mímica.
_ Entretém-se com seus gibis.

ENTROSAR
1. alguém COM alguém (enturmar; promover amizade entre)
_ A mãe tentava entrosar a filha com os novos vizinhos.

ENTULHAR
1. algo DE algo (abarrotar, encher)
_ Entulharam a geladeira de cerveja.

ENTURMAR
1. alguém COM alguém (entrosar)
_ Fiz o possível para enturmar o novo aluno com o grupo.

ENVAIDECER
1. ~ (se) DE algo (tornar-se vaidoso, orgulhoso)
_ Envaidecia-se de ter vencido vários jogos.

ENVERGONHAR
1. ~ (se) DE algo (acanhar-se; ficar envergonhado)
_ Envergonhamo-nos do resultado obtido.

ENVIAR
1. algo A, PARA alguém (endereçar, expedir)
_ Envia flores à (para a) noiva todos os dias.

2. algo ou alguém A, PARA alguém ou algum lugar (encaminhar, conduzir)
_ Cristina enviou as crianças ao (para o) tio para passarem as férias juntos.
_ O jornal enviou o novo correspondente ao (para o) Japão.
_ Devia enviar as avaliações ao (para o) coordenador do curso.
_ Enviamos os documentos originais ao (para o) cartório.

ENVIUVAR
1. DE alguém (ficar viúvo de)
_ Enviuvou do segundo marido.

ENVOLVER
1. alguém EM algo (enredar, meter)
_ Injustamente, envolveram-no na tramoia.

2. ~ (se) COM alguém (ligar-se, relacionar-se)
_ Meu pai sempre dizia para não me envolver com pessoas desonestas.

ENXERGAR
1. algo EM algo (intuir de, perceber)
_ Enxergamos a possibilidade de enriquecer naquele empreendimento.

EQUILIBRAR
1. algo COM algo (compensar, contrabalançar)
_ Ana equilibrava tristeza com prazer.

EQUIPARAR
1. algo ou alguém A algo ou alguém (comparar considerando iguais)
_ Esta religião equipara o dinheiro à perdição da alma.
_ O apresentador equiparou o jovem cantor aos melhores do país.

EQUIVALER
1. A algo (corresponder; ser igual no valor)
_ O casamento religioso equivale ao civil se requerido.

ERGUER
1. algo A alguém (elevar)
_ Para pedir ajuda, erguia seu pensamento a Nossa Senhora.

ERRADICAR
1. algo DE algum lugar (eliminar)
_ Conseguiram erradicar o sarampo de toda a região.

ERRAR
1. DE algo (confundir Ø)
_ Uma noite, errou de porta e foi parar na casa do vizinho.

2. EM algo (cometer erro; enganar-se)
_ Nunca erra em questões filosóficas.

ESBARRAR
1. COM alguém (encontrar por acaso)
_ Passeando no parque, esbarrou com o famoso ator.

2. EM alguém (ir de encontro de; topar com)
_ Saindo às pressas, esbarrou nos convidados que entravam.

ESCANCARAR
1. algo A, PARA alguém (expor; pôr à disposição de)
_ Escancarou sua vida particular à repórter.

ESCAPAR
1. A, DE algo (livrar-se de, salvar-se de)
_ Desse modo, escapamos ao (do) grave acidente aéreo.

DE + verbo no infinitivo
_ Por pouco ele escapou de cair no abismo.

2. A alguém (passar despercebido)
_ Detalhes importantes escaparam ao investigador.

3. DE algo ou alguém (fugir, safar-se)
_ Pedro não escapará da confusão.
_ Escapei dos policiais com astúcia.

ESCAPULIR
1. DE algo (fugir, escapar)
_ Conseguiu escapulir das mãos que o prendiam.

ESCLARECER
1. algo A alguém (explicar, informar)
_ Esclareci as razões de minha renúncia aos eleitores.

2. alguém SOBRE algo
_ Esclareceu os jornalistas sobre os motivos da entrevista coletiva.

ESCOLHER
1. algo ENTRE algo ou alguém ENTRE alguém (optar)
_ Escolhi o carro mais potente entre as máquinas da competição.
_ O estudante escolheu a loira entre as colegas que lhe foram apresentadas.

ESCONDER
1. algo A, DE alguém (ocultar; não revelar)
_ Escondeu o desfalque cometido aos (dos) sócios.

ESCORREGAR
1. EM algo (errar)
_ Escorregava na crase.

ESCREVER
1 algo A, PARA alguém (enviar, mandar um escrito)
_ Judite nunca escreve cartas amorosas ao (para o) namorado.

2. A, PARA alguém (dirigir-se por escrito)
_ E depois desse episódio, ele nunca mais escreveu ao (para o) editor.

3. EM algum jornal ou revista (trabalhar como redator)
_ Em 2005, escrevia no jornal mais afamado da cidade.

ESFORÇAR
1. ~ (se) EM, PARA, POR + verbo no infinitivo (empenhar-se)
_ Muito se esforçou em (para, por) ser eleito deputado.

ESMERAR
1. ~ (se) EM algo (caprichar)
_ No dia da apresentação, esmerei-me no discurso.

2. ~ (se) EM, PARA, POR + oração (empenhar-se)
_ Esmerava-se em (para, por) ser uma boa mãe.

ESPANTAR
1. ~ (se) COM algo ou alguém (admirar-se, maravilhar-se)
_ Rúbia chegou a se espantar com tamanha organização.
_ Espantou-se com tantas pessoas ilustres.

ESPECIALIZAR
1. ~ (se) EM algo (tornar-se especialista)
_ A tradutora especializou-se em programas computacionais.

ESPECULAR
1. SOBRE algo (bisbilhotar, informar-se)
_ Aquele lojista especula sobre a condição financeira dos clientes.

2. SOBRE algo (refletir, teorizar)
_ Em sua tese, o economista especularia sobre questões sociais.

ESPELHAR
1. ~ (se) EM algo ou alguém (tomar como exemplo Ø)
_ O projeto espelha-se em experiências bem sucedidas.
_ Muitas crianças espelham-se nos irmãos.

ESPERAR
1. algo DE alguém (contar)
_ Esperava mais atenção do namorado.

2. POR alguém (aguardar)
_ Esperamos por você o dia todo.

ESQUECER
1. ~ (se) DE algo ou oração (não se lembrar)
_ Frequentemente, esquecia-se da reunião.
_ Esqueceu-se do que havia passado.

ESQUENTAR
1. COM alguém (irritar-se, preocupar-se)
_ Não precisa esquentar com ele.

ESQUIVAR
1. ~ (se) DE algo (eximir-se, negar-se a, recusar-se a)
_ Essa secretária nunca se esquiva de suas obrigações.

ESTABELECER
1. algo COM alguém (firmar)
_ Os funcionários insatisfeitos estabeleceram um acordo com o patrão.

ESTAR
1. COM alguém (ter relacionamento)
_ Marcelo agora está novamente com a sua ex-namorada.

2. EM algo (consistir)
_ A solidariedade está nas pequenas atitudes.

3. PARA algo (estar disposto a)
_ Hoje, o deputado não estava para brincadeiras.

ESTENDER
1. algo A, PARA alguém (dar, oferecer)
_ O garçom estendeu uma cadeira à (para a) gentil moça.

2. algo A, PARA alguém (dedicar, destinar)
_ Ao final da premiação, estenderá os agradecimentos a (para) todos os presentes.

3. algo A, PARA algo ou alguém (aplicar[-se])
_ Decidiram estender a norma ao (para o) setor primário.
_ As novas medidas não se estendem aos (para os) aposentados.

ESTIMAR
1. algo EM algum valor (calcular)
_ Estimei o custo da obra em cem mil reais.

ESTIMULAR
1. alguém A + verbo no infinitivo (incentivar)
_ As palestras estimulam os alunos a refletir.

ESTIPULAR
1. algo A, PARA alguém (determinar)
_ O proprietário estipulara um prazo rigoroso ao (para o) negociador.

ESTOURAR
1. DE algo ou alguém (estar cheio)
_ Parecia que Eliane iria estourar de preocupação.
_ O sambódromo estourava de foliões.

2. DE + verbo no infinitivo (demonstrar com intensidade)
_ Estourou de rir na cara do médico.

EVITAR
1. algo A, PARA alguém (impedir, poupar)
_ O contador evitou prejuízos ao cliente.

EMIGRAR
1. DE algum lugar (sair)
_ Ainda bem jovem, emigrou da América com os pais.

EVOLUIR
1. DE algo (originar-se de forma anterior, sofrendo transformação gradual)
_ A ciência prega que o ser humano evoluiu do macaco.

EXAGERAR
1. EM algo (exceder-se)
_ A mídia exagera no sensacionalismo.

EXCEDER
1. ~ (se) EM algo (ultrapassar o limite)
_ Excedeu-se em zelo para que tudo saísse bem.

EXCLUIR
1. alguém DE algo (isentar, retirar)
_ Excluíram-na da lista de aprovados.

EXIBIR
1. algo A, PARA alguém (mostrar)
_ O famoso artista exibiu sua nova obra ao (para o) público.

EXIGIR
1. algo DE alguém (ordenar a, para)
_ A família exigia respeito das empregadas.

2. algo DE alguém (requerer)
_ A montagem do espetáculo exige dedicação total do diretor.

EXIMIR
1. alguém DE algo (isentar)
_ O ministro eximiu o governo de culpa.

EXONERAR
1. alguém DE algo (demitir, destituir)
_ Ele sabia que o exonerariam de suas funções.

EXPEDIR
1. algo A, PARA alguém (enviar)
_ A organização expediu convites a (para) vários empresários.

EXPLICAR
1. algo A, PARA alguém (esclarecer, expor)
_ O maestro explica aos (para os) músicos a execução da peça.

EXPLICITAR
1. algo A, PARA alguém (tornar claro, explícito)
_ As vítimas explicitaram as causas do acidente ao (para o) bombeiro.

EXPLODIR
1. EM algo (manifestar subitamente Ø)
_ Os campeões explodem em uma grande demonstração de alegria.

EXPOR
1. algo A, PARA alguém (contar, explicar)
_ Expunha seu plano de governo ao (para o) partido.

2. algo A, PARA alguém (exibir, mostrar)
_ O colecionador expõe seus tesouros a um público seleto.

3. alguém A algo (submeter, sujeitar)
_ O coreógrafo expôs a bailarina ao ridículo.

4. algo A algo (sujeitar)
_ Não é recomendável expor demais o corpo ao sol.

EXPRESSAR
1. algo A, PARA alguém (manifestar, revelar)
_ Gostaria de expressar meus sentimentos às (para as) famílias das vítimas.

EXPRIMIR
1. algo A, PARA alguém (expressar; expor)
_ Não sabia como exprimir sua gratidão ao (para o) tutor.

EXTORQUIR
1. algo A, DE alguém (obter por meio de ameaça)
_ Extorquiram a nova fórmula ao (do) cientista.

EXTRAIR
1. algo DE alguém (obter por meio de ameaça)
_ O policial precisava extrair a confissão do suspeito.

2. algo DE algum lugar (retirar)
_ Extraíram uma tonelada de prata da mina.

EXTREMAR
1. ~ (se) EM algo (exagerar)
_ Extrema-se em seus protestos.

Sao, Mayara Stringhetta.
Dicionário multilíngue de regência verbal: equivalentes em francês. /
Mayara Stringhetta Sao. - São José do Rio Preto: [s.n.], 2009.


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

EXERCÍCIOS - ORAÇÕES SUBORDINADAS SUBSTANTIVAS E ADJETIVAS

EXERCÍCIOS SOBRE ORAÇÕES SUBORDINADAS ADVERBIAIS

01. A opção em que a oração subordinada pode ser considerada adverbial condicional é: a) Desde que o vi, me apaixonei. b) Desde que tenho muito trabalho hoje, não poderei sair. c) Permanecerei aqui, desde que você permaneça. d) Diga-me se a proposta lhe interessa. e) Falou sem que nos convencesse.
02. As orações subordinadas adverbiais assinaladas estão classificadas. assinale a alternativa cuja classificação esteja errada: a) “Nunca chegará ao fim por mais depressa que ande.” (oração subordinada adverbial concessiva) b) “Era tal a serenidade da tarde que se percebia o sino de uma freguesia distante, dobrando a finados.” (oração subordinada adverbial consecutiva). c) Mesmo que faça calor, não poderemos nadar. (oração subordinada adverbial concessiva) d) Ela era tão medrosa, que não saía de casa. (oração subordinada adverbial comparativa) e) Se tudo correr bem, levar-te-ei à Europa. (oração subordinada adverbial condicional)
03. No período: "Era tal a serenidade da tarde, que se percebia o sin…

EXERCÍCIOS - FUNÇÕES DA LINGUAGEM

01. Assinale a alternativa em que a função apelativa da linguagem é a que prevalece: A) Trago no meu peito um sentimento de solidão sem fim... sem fim... B) “Não discuto com o destino o que pintar eu assino.” C) Machado de Assis é um dos maiores escritores brasileiros. D) Conheça você também a obra desse grande mestre. E) Semântica é o estudo da significação das palavras. 02. Identifique a frase em que a função predominante da linguagem é a REFERENCIAL: A) Dona Casemira vivia sozinha com seu cachorrinho. B) Vem, Dudu! C) Pobre Dona Casemira... D) O que ... O que foi que você disse? E) Um cachorro falando? 03. A função metalinguística predomina em todos os fragmentos, exceto em: A) “Amo-te como um bicho simplesmente de um amor sem mistério e sem virtude com um desejo maciço e permanente.” (Vinicius de Morais) B) “Proponho-me a que não seja complexo o que escreverei, embora obrigada a usar as palavras que vos sustentam.” (Clarice Lispector) C) “Não narro…