Pular para o conteúdo principal

REGÊNCIA VERBAL - D

























D

DAR
1. algo A algo (consagrar, dedicar, destinar)
_ Deu muito de seu tempo à pesquisa.

2. algo A algo (fazer Ø adquirir ou tomar; imprimir)
_ O ditador deu novos e terríveis rumos à nação que conduzira.

3. alguém A alguém (gerar)
_ Minha esposa não pôde dar-me senão um filho.

4. algo A, PARA alguém (atribuir, imputar)
_ Deram todo o crédito pelo achado arqueológico ao (para o) Dr. Nunes.

5. algo A, PARA alguém (atribuir)
_ O médico deu apenas três meses de vida ao (para o) paciente.

6. algo A, PARA alguém (administrar sacramento)
_ O sacerdote deu a extrema unção ao (para o) moribundo.

7. A, PARA alguém (aceitar fazer amor com; entregar-se sexualmente - emprego popular)
_ Deu a ele movida pela paixão, não pela luxúria.

8. algo A, PARA algo ou alguém (conceder, conferir, outorgar)
_ O editor deu autorização ao pedido do assessor.
_ O Ministério não deu a licença de importação e exportação ao empresário.

9. algo A, PARA algo ou alguém (chamar, designar, nomear)
_ Dei ao livro um título sugestivo.
_ Que nome daremos à criança?

10. algo A, PARA alguém (ceder, conceder, oferecer)
_ Deu o apartamento aos pais.

11. algo A, PARA alguém (presentear)
_ Deu à criança um videogame pelo seu aniversário.

12. algo A, PARA alguém (causar, ocasionar)
_ Aqueles meninos só dão desgosto aos pais.

13. algo A, PARA alguém (organizar, promover, proporcionar)
_ Dera um belíssimo baile aos amigos da filha.

14. algo A, PARA alguém (conseguir, obter)
_ A seleção deu aos brasileiros mais um título mundial.

15. algo A, PARA alguém (comunicar, informar, participar)
_ Sem preparar-me o espírito, deu-me a notícia de que tem pouco tempo de vida.

16. algo A, PARA alguém (expressar, manifestar)
_ Nunca havia dado ao porteiro um bom-dia sequer!

17. algo A, PARA alguém (administrar, ministrar)
_ O médico deu ao paciente um remédio amargo.

18. algo A, PARA alguém (expor, mostrar)
_ Não podia dar-lhe as razões que acendiam a minha ira.

19. algo A, PARA alguém (gratificar ou recompensar alguém com)
_ Deram à garçonete uma gorjeta polpuda.

20. algo A, PARA alguém (confiar a; incumbir alguém de)
_ Deram ao agente secreto uma missão quase impossível.

21. algo A, PARA alguém (distribuir, entregar)
_ O crupiê dava as cartas aos jogadores.

22. algo A, PARA alguém (infligir, impor)
_ Daria a ele um castigo de que nunca esqueceria.

23. COM algo ou alguém (avistar Ø, encontrar Ø, deparar-se)
_ Já havia desistido de procurar, quando dei com o relógio no balcão.
_ De repente, deu com um homem estranho.

24. ~ (se) COM alguém (entender-se)
_ Nunca me dei com essa zinha.

25. DE, PARA + verbo no infinitivo (adquirir o hábito de; começar a)
_ Deu de (para) vagar solitário noite adentro.

26. EM algo (resultar, redundar)
_ Tanto trabalho deu em nada.

27. EM alguém ou animal (bater, espancar Ø)
_ O ladrão deu na velhinha e fugiu.
_ O capataz deu covardemente no boi.

28. algo EM alguém (aplicar, desferir)
_ A mula deu um coice no peão.

29. PARA algo (bastar; ser suficiente)
_ Minha renda quase não dá para as necessidades básicas.

30. PARA algo (ter jeito, vocação ou aptidão)
_ Aquela garota não dá para o estudo.

31. PARA algum lugar (ter vista ou saída)
_ Minha janela dá para o pátio interno do convento.

32. POR alguém (perceber a presença ou a ausência de)
_ Quando derem por mim, será tarde demais.

33. algo POR algo (permutar, trocar)
_ Deu seu apartamento por um chalé na praia.

34. algo POR algo (gastar, pagar)
_ Quem daria tanto dinheiro por uma coisa dessas?

35. algo POR algo (desfazer-se de algo por; vender)
_ Só darei o meu Picasso por uma fortuna equivalente a sua beleza.

36. algo POR algo (considerar Ø, reputar Ø)
_ Provou o vinho e o deu por excelente.

DEBATER
1. algo COM alguém (discutir; examinar em debate)
_ O mestrando debatia a tese com os arguidores.

DEBOCHAR
1. DE alguém (fazer pouco caso; zombar)
_ Ele debochava do amigo pela roupa que este usava.

2. DE algo (desdenhar, desprezar, menosprezar)
_ Não deboche da capacidade de seu colega.

DECIDIR
1. ~ (se) POR algo ou alguém (escolher, optar, preferir)
_ O comprador decidiu-se pelo cancelamento do pedido.
_ O rapaz vai decidir-se pela moça mais simpática.

2. SOBRE algo (deliberar, resolver)
_ O governo decide sobre a liberação de mais verbas.

DECLARAR
1. algo A, PARA alguém (confessar, revelar)
_ O jovem declararia seu amor à (para a) melhor amiga.

2. algo A, PARA alguém (anunciar, expor, manifestar)
_ E ela declarou à (para a) família reunida que ia se casar.

3. ~ (se) POR algo (revelar-se partidário de; ter preferência)
_ O cidadão declarava-se pela democracia.

DECLINAR
1. algo A alguém (nomear, revelar)
_ O síndico declinará aos condôminos o nome dos candidatos à nova gestão.

2. DE algo (desistir, recusar Ø, rejeitar Ø)
_ A funcionária declinou da nova função.

DECORRER
1. DE algo (derivar, proceder; ter origem em)
_ A crise financeira da empresa decorre da má administração dos responsáveis.

DEDICAR
1. algo A algo (aplicar, destinar)
_ O graduando dedica seu tempo aos estudos.

2. algo A, PARA alguém (destinar, oferecer)
_ O homem apaixonado dedicará um poema a (para) sua amada.

3. algo A, PARA alguém (consagrar, oferecer como tributo)
_ A cristã dedicava flores ao (para o) santo de sua devoção.

4. ~ (se) A algo ou alguém ou + verbo no infinitivo (entregar-se, ocupar-se)
_ Com objetivos na vida, dedicar-se-ia inteiramente aos estudos.
_ Durante toda a sua vida dedicou-se à mãe doente.
_ O jardineiro dedica-se a cuidar das orquídeas.

DEDUZIR
1. algo DE algo (depreender, inferir)
_ De suas atitudes deduzi que não estava bem.

2. algo DE algo (descontar, subtrair, tirar)
_ O patrão deduziria do salário o adiantamento que me deu.

DEFENDER
1. algo CONTRA algo ou alguém (expor as razões; sustentar com argumentos)
_ O conferencista defendia seu ponto de vista contra qualquer opinião divergente.
_ O político defende seu discurso contra os opositores.

2. alguém CONTRA, DE algo ou alguém (proteger, socorrer)
_ O pai sempre defendeu o filho contra os (dos) perigos.
_ Naquela situação de risco, era necessário defendê-lo contra o (do) inimigo.

DEFRONTAR
1. COM algo ou alguém (deparar, topar; ver-se diante de)
_ É natural defrontar com o papel em branco sem saber o que escrever.
_ A dentista defrontou com o paciente caloteiro no banco.

DEIXAR
1. algo A, PARA alguém (legar, transferir)
_ Quando morrer, o avô deixará a mansão à (para a) única neta.

2. algo A alguém (não destituir; não roubar)
_ O assaltante deixou apenas o tênis ao garoto.

3. algo A, PARA alguém (ceder, doar, ofertar)
_ O colaborador resolveu deixar dinheiro aos (para os) necessitados.

4. DE + verbo no infinitivo (cessar, desistir)
_ Desmotivado com o baixo salário, deixaria de trabalhar.

5. alguém EM algo (abandonar, desamparar)
_ O desamparo do ente querido deixou-a em apuros.

6. algo POR algo (substituir, trocar)
_ O encarregado da seção deixou o trabalho pelos estudos.

alguém POR algo ou alguém
_ Fanático, deixaria a namorada pelo futebol.
_ O marido deixará a mulher pela amante.

7. algo PARA + nome indicativo de tempo (adiar, transferir)
_ Ouvi comentários de que a professora deixaria a prova para a próxima semana.

DELATAR
1. algo A, PARA alguém (denunciar, revelar)
_ A vizinha delatou o crime ao (para o) policial.

2. alguém A, PARA alguém (acusar; denunciar como culpado)
_ Em seu depoimento, delatará os comparsas ao (para o) delegado.

DELEGAR
1. alguém A algo (conferir poder e representatividade; enviar)
_ A multinacional delegará um representante à reunião de negócios.

2. algo A, PARA alguém (atribuir, dar)
_ O gerente sempre delega árduas obrigações aos (para os) empregados.

DELEITAR
1. ~ (se) COM algo (deliciar-se, regozijar-se)
_ O faminto deleita-se com a comida preparada na hora.

~ (se) EM + verbo no infinitivo
_ O velho deleitava-se em caminhar pela praia.

DELIBERAR
1. SOBRE algo (discutir, examinar)
_ O governo deliberou sobre a nova proposta de ensino nas escolas públicas.

DEMITIR
1. alguém DE algo (despedir, destituir)
_ A diretoria demitiu a secretária de seu cargo.

2. ~ (se) DE algum lugar (pedir demissão; exonerar-se)
_ Cansado, decidiu demitir-se da instituição.

DEMONSTRAR
1. algo A, PARA alguém (expor, mostrar, provar)
_ Demonstrei ao (para o) meu companheiro que ele estava equivocado.

2. algo POR alguém (expressar, manifestar)
_ Faz questão de demonstrar hostilidade pelos vizinhos.

DEMORAR
1. A, PARA + verbo no infinitivo (levar tempo; tardar)
_ Ela demorou a compreender a gravidade do problema.

DEMOVER
1. alguém DE algo (dissuadir; fazer mudar; desaconselhar)
_ Não fomos capazes de demovê-la de sua decisão.

DENUNCIAR
1. algo ou alguém A, PARA alguém (delatar; fazer denúncia)
_ A mulher denunciaria o marido aos (para os) policiais por maus-tratos.
_ Vou denunciar o roubo à (para a) autoridade competente.

DEPARAR
1. COM algo, alguém ou animal (defrontar; encontrar inesperadamente; topar)
_ Se você for por esse caminho, vai deparar com uma ponte antiga.
_ Estava passeando e deparou com ela no parque.
_ De repente, deparei com o gato em cima da mesa.

DEPENDER
1. DE alguém (necessitar de decisão, resolução)
_ A aprovação do projeto dependerá do governador.

2. DE algo (estar subordinado ou sujeito a)
_ O resultado esperado dependeria de sua sorte.

3. DE algo (derivar; resultar)
_ O bom desempenho do acrobata dependerá de treinamento intensivo.

4. DE alguém (estar sob o domínio; precisar de auxílio e proteção)
_ São filhos pequenos, que ainda dependem dos pais.

DEPOR
1. CONTRA algo (fornecer indícios, provas)
_ Aquela atitude depõe contra sua inocência.

2. alguém DE algo (destituir, exonerar)
_ Um movimento popular depôs o mandatário da cadeira presidencial.

3. algo EM algo ou alguém (colocar, depositar)
_ Depuseram no avanço da ciência suas esperanças de cura.
_ Depusemos em você toda a nossa confiança.

DEPREENDER
1. algo DE algo (concluir, deduzir, inferir)
_ Depreendemos do seu nervosismo que teve um péssimo dia.

DERIVAR
1. DE algo (formar uma palavra a partir de outra)
_ Raivoso deriva de raiva.

2. DE algo (provir, resultar)
_ A promoção do gerente derivou de sua dedicação.

3. algo DE algo (extrair, tirar)
_ Elas puderam derivar duas hipóteses diferentes da observação do fenômeno.

DERRAMAR
1. ~ (se) EM algo (exceder-se)
_ O apaixonado derramou-se em elogios à namorada.

2. ~ (se) POR algo (espalhar-se, expandir-se, propagar-se)
_ O brilho da lua derramava-se pela noite.

DERRETER
1. ~ (se) EM algo (desfazer-se; exceder-se em manifestações de sentimentos)
_ Emocionada, derretia-se em lágrimas.

2. ~ (se) POR alguém (apaixonar-se, enamorar-se)
_ A garotinha derreteu-se pelo jovem à primeira vista.

DERRUBAR
1. alguém DE algo (destituir; privar)
_ Derrubaram o comissário de seu posto.

DESABAFAR
1. COM alguém (abrir-se; exprimir com franqueza)
_ Sempre muito fechado, o jovem decidira desabafar com um amigo.

DESABILITAR
1. alguém PARA algo (incapacitar; tornar inábil)
_ A idade desabilitou-a para as tarefas domésticas.

DESACONSELHAR
1. algo A alguém (contra-indicar, dissuadir alguém de)
_ O médico do time desaconselhou ao presidente a contratação desse jogador.

DESACOSTUMAR
1. alguém DE algo (desabituar; fazer perder o costume, o hábito)
_ A mãe tentou desacostumar a criança do hábito de chupar o dedo.

2. ~ (se) DE algo (desabituar-se; perder o costume de)
_ Durante o inverno, desacostumei-me dos passeios matinais.

DESAFIAR
1. alguém A + verbo no infinitivo (incitar, provocar)
_ O marido desafia a mulher a deixar os filhos e a viajar sozinha pelo mundo.

2. alguém PARA algo (propor duelo, combate ou competição)
_ O velho experiente desafiaria o iniciante para outra partida de truco.

DESAFOGAR
1. alguém DE algo (desoprimir, libertar)
_ A ajuda dos seus colegas desafogou-o do trabalho intenso.

2. algum lugar DE algo (desobstruir, esvaziar)
_ A faxineira desafogava o escritório de livros antigos.

3. ~ (se) EM algo (aliviar-se, desabafar-se)
_ Desiludido com a vida, desafogara-se em sentido pranto.

DESAGRADAR
1. A alguém (descontentar, desgostar, não agradar)
_ Suas brincadeiras de mau gosto desagradam até aos amigos mais próximos.

DESAGREGAR
1. algo EM algo (fragmentar, separar)
_ As divergências e os conflitos desagregam o partido em dois grupos antagônicos.

DESANEXAR
1. algo DE algo (desmembrar, separar)
_ O advogado desanexará alguns documentos do processo.

DESANIMAR
1. DE algo (desalentar; perder o ânimo, o entusiasmo)
_ Persistente, o bravo homem não desanimaria da batalha.
F: perdre haleine à
2. alguém DE algo (desencorajar; fazer perder o ânimo)
_ A distância desanimou-a da viagem.

DESAPARECER
1. COM algo (esconder Ø; fazer sumir Ø)
_ As crianças travessas desapareceram com o anel de brilhante.

2. COM alguém (matar Ø; tirar a vida de)
_ Os sequestradores desaparecerão com a vítima.

DESAPEGAR
1. ~ (se) DE algo ou alguém (abandonar Ø, afastar-se, libertar-se)
_ O viciado decidiu desapegar-se das drogas.
_ Com a traição, desapegara-se da amada.

DESAPOSSAR
1. alguém DE algo (despojar; tirar ou privar da posse)
_ O advogado desapossaria o cliente de seus bens.

2. ~ (se) DE algo (desfazer-se; privar-se da posse)
_ Desapossou-se de suas propriedades para pagar as dívidas.

DESAPROPRIAR
1. alguém DE algo (desapossar; privar da posse)
_ Desapropriariam os fazendeiros de suas terras.

DESATAR
1. alguém DE algo (desobrigar, libertar, livrar)
_ O inimigo conseguiria desatá-lo dos ressentimentos no futuro.

DESATOLAR
1. alguém DE algo (fazer sair de situação penosa)
_ Esse dinheiro inesperado desatola-nos das inúmeras dívidas.

DESCAMBAR
1. EM, PARA algo (degenerar, passar para)
_ A discussão descambaria em (para a) agressão.

2. PARA algo (resvalar Ø, tender)
_ Agora sua retórica descamba facilmente para o populismo.

DESCANSAR
1. DE algo (fugir, livrar-se)
_ Preciso de férias para descansar das atribulações cotidianas.

DESCARTAR
1. ~ (se) DE algo ou alguém (desembaraçar-se, desvencilhar-se, livrar-se)
_ A coordenadora do colégio descartou-se daquela atividade.
_ O famoso fez o impossível para descartar-se dos curiosos.

DESCENDER
1. DE algo (derivar, provir, originar-se)
_ Diversas línguas descendem do latim.

2. DE alguém (ter origem em; provir por geração)
_ Aquela senhora descende de uma família nobre.

DESCER
1. DE algo (apear, saltar)
_ O jóquei desceu do cavalo triunfante.

2. DE algo (abandonar Ø, largar Ø)
_ Finalmente descera de sua arrogância.

3. SOBRE alguém (incidir, recair)
_ A chuva descia forte sobre os peregrinos.

DESCOLAR
1. DE algo ou alguém (afastar-se, despegar-se, separar-se)
_ O vestibulando não consegue descolar dos livros.
_ Mimada como está, será difícil que a criança descole dos pais.

2. algo PARA alguém (arranjar, conseguir)
_ A prima descolaria um trabalho para ele na empresa.

DESCONFIAR
1. DE algo (duvidar, suspeitar)
_ Os inscritos desconfiaram do resultado da prova.

2. DE alguém (duvidar da sinceridade; perder a confiança em)
_ Ultimamente, ando desconfiando até dos meus melhores amigos.

DESCONTAR
1. algo DE algo (subtrair, tirar)
_ Vão descontar de meu salário os dias que faltei ao trabalho.

DESCREVER
1. algo A, PARA alguém (contar em detalhes; expor, narrar)
_ O réu descreverá todos os fatos ao (para o) juiz no próximo julgamento.

DESCUIDAR
1. DE algo (não atentar para; negligenciar Ø)
_ Desinteressados, descuidavam dos deveres com frequência.

DESCULPAR
1. alguém DE algo (perdoar; relevar algo a alguém)
_ O mestre desculpava o aprendiz das faltas cometidas.

2. ~ (se) COM algo (alegar como pretexto Ø; escusar)
_ Desculpou-se com uma forte enxaqueca e cancelou a apresentação.

3. ~ (se) POR algo (pedir desculpa)
_ O menino inseguro desculpa-se por qualquer motivo.

DESDENHAR
1. DE alguém (menosprezar Ø; não fazer caso)
_ Ele se considera superior e desdenha dos companheiros de trabalho.

2. DE alguém (caçoar, zombar)
_ Os meninos maldosos desdenhavam do mendigo.

DESEJAR
1. algo A alguém (estimar; fazer votos)
_ No dia do aniversário, a madrinha desejava saúde à sobrinha.


DESEMBARAÇAR
1. alguém DE algo (desvencilhar, livrar)
_ Ainda era tempo para desembaraçá-lo daquela situação.

DESENCAIXAR
1. algo DE algo (deslocar; soltar do encaixe)
_ Para fazer a limpeza, desencaixe o tubo de sua base.

DESENCAMINHAR
1. alguém DE algo (corromper Ø, desviar, perverter Ø)
_ Esses maus elementos desencaminharam-na de uma vida digna e honrada.

DESENCONTRAR
1. ~ (se) DE alguém (perder-se)
_ No tumulto da estação, o jovem desencontrou-se do companheiro.

DESENCORAJAR
1. alguém DE verbo no infinitivo (desestimular, dissuadir; tirar a coragem)
_ Essas condições de trabalho desencorajam qualquer um de perseguir seus ideais.

DESENGANAR
1. alguém DE algo (desiludir, desviar)
_ A verdade veio à tona e o desenganou de suas convicções.

DESENTENDER
1. ~ (se) COM alguém (discordar de)
_ Estressados como estavam, os alunos desentenderam-se com o professor.

DESFAZER
1. DE alguém (desdenhar Ø, menosprezar Ø; reduzir a importância)
_ O senhor arrogante sempre desfaz dos subalternos.

2. algo ou algum lugar DE algo (desembaraçar, livrar)
_ Após rezar, desfez o espírito das impurezas.
_ Será preciso desfazer a casa das bugigangas.

3. ~ (se) DE algo (desapossar-se, despojar-se)
_ A escritora decidiu desfazer-se de materiais antigos.

4. ~ (se) DE alguém (desvencilhar-se)
_ Notou que o noivo queria desfazer-se dela.

5. algo EM algo (reduzir a)
_ O noivo desfez a carta em pedacinhos.

6. ~ (se) EM algo (manifestar exageradamente Ø)
_ Sempre cortês, desfaz-se em atenções e gentilezas.

DESFRUTAR
1. DE algo (fruir, gozar)
_ Agora doutor, desfrutaria de grande prestígio e credibilidade.

DESGARRAR
1. alguém DE algo (afastar, tirar)
_ É impossível desgarrá-lo daquele mundinho.

DESGOSTAR
1. DE algo (deixar de gostar)
_ Com o tempo fui desgostando da minha banda favorita.

2. ~ (se) DE algo (desafeiçoar-se; perder o gosto por)
_ Com tantas desilusões, desgostou-se da vida amorosa.

DESGRUDAR
1. DE algo ou alguém (descolar, separar)
_ O vestibulando não desgrudará dos livros tão facilmente.
_ Não desgruda do novo companheiro de trabalho.

2. algo DE algo (afastar, desviar, tirar)
_ Para manter-se informado, o homem não desgrudava os olhos do jornal.

DESIGNAR
1. algo A alguém (apontar, determinar)
_ Designaram uma cadeira especial ao ministro.

2. alguém PARA algo (indicar, nomear)
_ A entidade o designará para aquela missão.

DESILUDIR
1. alguém DE algo (desenganar, dissuadir)
_ Conseguiram desiludi-la de seus sonhos.

2. ~ (se) COM alguém (decepcionar-se, desapontar-se)
_ Desiludiu-se com o último namorado.

3. ~ (se) DE algo (deixar de acreditar em)
_ Os cidadãos desiludiam-se da nova política.

DESINCUMBIR
1. alguém DE algo (desencarregar, desobrigar)
_ A editora desincumbiu o revisor de rever o texto em latim.

DESINFESTAR
1. algum lugar DE algo (desinfetar, livrar)
_ É necessário que desinfestem a fazenda de formigas.

DESINTERESSAR
1. alguém DE algo (desestimular; fazer perder o interesse por)
_ A alta nota de corte desinteressou os candidatos do concurso.

2. ~ (se) DE algo ou alguém (perder o gosto, interesse por)
_ Aos poucos fui desinteressando-me do trabalho.
_ Depois de vinte anos de casamento, ela desinteressou-se do marido.

DESISTIR
1. DE algo ou alguém (não prosseguir em; renunciar a)
_ O concorrente desistirá da vaga no banco.
_ O jovem desistiu da namorada.

DESLIGAR
1. alguém DE algo (desobrigar, libertar)
_ O patrão o desligou das tarefas que lhe competiam.

2. alguém DE algo (destituir, exonerar)
_ Desligaram-no da comissão editorial.

3. ~ (se) DE algo (escapar, esquivar-se, livrar-se)
_ Vai às compras para desligar-se dos problemas.

4. ~ (se) DE alguém (afastar-se, distanciar-se)
_ Ao atingir a maioridade, desligar-se-ia de seus tutores.

DESMANCHAR
1. ~ (se) EM algo (derramar-se, exceder-se)
_ A viuva desmanchava-se em lamentos.

1. algo DE algum lugar (desagregar, desanexar, desligar)
_ O morador desmembrará a casa do condomínio fechado.

DESMERECER
1. DE algo (não estar à altura; ser inferior a)
_ As novas publicações do escritor não desmereciam das anteriores.

DESOBEDECER
1. A algo (não se submeter; infringir Ø, violar Ø)
_ Foi demitido porque desobedecia às regras da instituição.

2. A alguém (não obedecer)
_ Os adolescentes costumam desobedecer aos pais.

DESOBRIGAR
1. alguém DE algo ou verbo no infinitivo (isentar, livrar)
_ A sua falta de notícias desobrigava-me do compromisso.
_ O patrão desobrigou-o de redigir o relatório.

DESOPRIMIR
1. algo ou alguém DE algo (aliviar, libertar)
_ A viagem desoprimirá o seu coração de toda angústia.
_ A notícia desoprimiu a criança de seus temores.

2. alguém DE algo (livrar da opressão)
_ A expulsão dos invasores desoprimiu o povo da tirania estrangeira.

DESPACHAR
1. COM alguém (deliberar, resolver)
_ Despachamos com os diretores esta manhã.

2. COM algo (dar fim a; terminar rapidamente)
_ Vai, despache logo com tudo isso!

DESPEDIR
1. ~ (se) DE alguém (saudar Ø antes de se retirar)
_ Despedi-me de todos e saí.

DESPENDER
1. algo COM, EM algo (consumir, empregar, gastar)
_ Despender o meu tempo com essa (nessa) tolice? Nem em sonho!

DESPERDIÇAR
1. algo EM algo (esbanjar; gastar com exagero)
_ Desperdiçou milhões de euros na aquisição de uma empresa em Gaza.

DESPERTAR
1. algo A alguém (causar, provocar)
_ Não se iluda! Filosofia não desperta interesse a um bando de alienados...

2. alguém DE algo (arrancar, tirar)
_ O ribombar de trovões despertou o marinheiro de um sono profundo.

3. algo EM alguém (estimular, originar)
_ O vale florido despertou nele dolorosa saudade de sua terra.

DESPIR
1. ~ (se) DE algo (desnudar-se, tirar Ø)
_ Despiu-se do pesado roupão e entrou na banheira.

2. algo ou alguém DE algo (privar)
_ A destruição decorrente da guerra despira a cidade de todo o seu patrimônio histórico.
_ Sua brilhante defesa despiu os adversários de toda objeção.

DESPOJAR
1. alguém DE algo (desapossar, privar)
_ O gatuno despojou o pobre homem de seu salário de aposentado.

2. ~ (se) DE algo (desnudar-se, despir-se, privar-se)
_ Despojou-se da pesada vestimenta e foi dormir.

3. ~ (se) DE algo (abandonar Ø; abrir mão; deixar de lado Ø)
_ Você seria capaz de despojar-se de seus preconceitos?

DESPRENDER
1. alguém DE algo (afastar, demover, desviar)
_ Nada desprenderia o inventor daquela fascinante ideia.

2. ~ (se) DE algo (desapegar-se, desligar-se)
_ A viuva precisaria desprender-se dos bens do falecido.

3. ~ (se) DE algo (separar-se, soltar-se)
_ O cão desprendeu-se da corrente.

DESPROVER
1. alguém DE algo (privar)
_ A estratégia usada foi desprover o inimigo de água e comida.

DESTACAR
1. algo DE algo (apartar, separar)
_ Destacou quatro páginas do caderno.

2. ~ (se) POR algo (distinguir-se, sobressair)
_ Ela destacava-se por sua eloquência.

DESTINAR
1. alguém A, PARA algo (designar, reservar)
_ Os pais destinariam o filho à (para a) vida eclesiástica.

algo A, PARA algo ou alguém
_ A fundação destinará o dinheiro arrecadado à (para a) campanha.
_ O governo já destinou milhões aos (para os) servidores públicos.

DESTITUIR
1. alguém DE algo (demitir, exonerar)
_ A diretoria destituiu do cargo o seu mais fiel colaborador.

2. alguém DE algo (desapossar, despojar, privar)
_ Destituirão o fazendeiro de suas terras.

DESTOAR
1. DE algo (não combinar com; não ser próprio)
_ Esta tela destoa do conjunto pela surpreendente qualidade.

2. DE algo (discordar, divergir)
_ Seu parecer destoa do meu em diversos aspectos.

DESVENCILHAR
1. ~ (se) DE algo (livrar-se, soltar-se)
_ O escoteiro desvencilhou-se dos cipós com dificuldade.

DESVENDAR
1. algo A alguém (dar a conhecer; revelar)
_ Ela nunca desvenda seus segredos a estranhos.

DESVIAR
1. alguém DE algo (afastar, demover, dissuadir)
_ A instituição desviou o menor abandonado do caminho das drogas.

2. ~ (se) DE algo ou alguém (afastar-se; mudar de direção em relação a)
_ O carro desviou-se da estrada para pegar um atalho.
_ Tive que desviar-me da menina para não atropelá-la.

3. ~ (se) DE algo (ser diferente; divergir, destoar)
_ Sua gestão econômica desvia-se do padrão antes estabelecido.

DESVINCULAR
1. algo DE algo (desatar, desligar)
_ Não será possível desvincular a ideia da intenção inicial.

2. algo DE algo (separar; tornar independente)
_ O lojista desvinculará aquele setor do departamento de vendas.

3. ~ (se) DE algo (desligar-se, libertar-se)
_ O astronauta desvinculou-se da nova missão espacial.

DETERMINAR
1. algo A, PARA alguém (estabelecer, ordenar)
_ O fazendeiro determinou ao (para o)administrador a imediata demarcação de suas terras.

2. alguém A + verbo no infinitivo (levar, persuadir)
_ A falta de dinheiro determina o aposentado a continuar trabalhando.

DEVER
1. algo A, PARA alguém (estar agradecido a)
_ Devo meu sucesso aos amigos que me apoiaram nessa empreitada.

2. algo A, PARA alguém (ter dívida com)
_ A mulher está devendo duzentos reais ao vizinho.

DEVOLVER
1. algo A, PARA alguém (dar ou entregar de volta; restituir)
_ O inquilino devolveria as chaves ao proprietário no mês de junho.

DEVOTAR
1. algo A, PARA alguém (consagrar, dedicar)
_ A vida toda devotei meu tempo livre à minha mãe.

DIALOGAR
1. COM alguém (comunicar-se, conversar, entender-se)
_ Ela não quis dialogar com seus opositores.

DIFERENCIAR
1. algo DE algo (distinguir; tornar diverso)
_ Não sei diferenciar a comida baiana da pernambucana.

DIFERIR
1. DE algo (ser diferente; distinguir-se)
_ Essa tonalidade de violeta difere muito daquela.

2. DE algo (divergir, discordar)
_ A opinião dele diferia da minha.

DIFICULTAR
1. algo A, PARA alguém (tornar difícil ou custoso de fazer)
_ O cansaço e o mau tempo dificultavam aos (para os)alpinistas a descida da montanha.

DIMINUIR
1. DE algo (decrescer)
_ Durante a seca, o gado diminuiu de peso.

2. algo DE algo (deduzir, subtrair)
_ O menino não sabe diminuir 25 de 80.

DIPLOMAR
1. ~ (se) EM algo (formar-se, receber diploma)
_ Diplomou-se em Biologia.

POR + nome indicativo de instituição de ensino
_ Diplomou-se por uma universidade italiana.

DIRIGIR
1. algo A, PARA alguém (dizer, endereçar)
_ Dirigiu um elogio à moça morena.

2. algo A, PARA alguém (encaminhar, enviar)
_ Dirigiu o ofício ao chefe de Recursos Humanos.

3. ~ (se) A, PARA alguém (interpelar Ø; pedir explicação)
_ Dirigiu-se ao patrão com altivez.

4. ~ (se) A, PARA algum lugar (encaminhar-se, ir)
_ Os meninos dirigiam-se à (para a) quadra de basquete.

5. algo PARA algo (voltar, volver)
_ Distraída, dirigiu o olhar para a televisão.

DISCERNIR
1. algo DE algo (diferenciar, distinguir, separar)
_ Você consegue discernir o trabalho útil do inútil?

DISCORDAR
1. DE algo ou alguém (não concordar com; divergir, discrepar)
_ Discordo dessa teoria absurda!
_ Discordaram do aluno, embora ele tivesse razão.
2. EM algo
_ Sou obrigado a discordar de você nesse ponto.

DISCORRER
1. SOBRE algo (dissertar, tratar de)
_ Esse artigo discorre sobre a arte barroca do Brasil colonial.

DISCREPAR
1. DE algo (diferir; ser diferente)
_ A metodologia desse trabalho não pode discrepar da empregada nos anteriores.

2. DE algo (dissentir, divergir)
_ Ele insistia em discrepar de minhas opiniões, mas nunca brigávamos.

DISCRIMINAR
1. algo DE algo (discernir, distinguir, separar)
_ Discriminar o bem do mal é tão ingênuo!

ENTRE algo e algo
_ E isso permite discriminar entre enunciados jurídicos válidos e inválidos.

DISCUTIR
1. COM alguém (desentender-se verbalmente)
_ A mãe discutiu com a filha durante o dia todo.

2. algo COM alguém (debater)
_ Discuti a nova proposta com ele.

SOBRE algo
_ Discutimos sobre a lógica aristotélica.

DISFARÇAR
1. alguém DE algo (colocar disfarce; fantasiar)
_ A imprensa disfarçou o jornalista de árabe.

DISPARAR
1. algo CONTRA alguém (arremessar, atirar, lançar)
_ Os arqueiros disparavam flechas contra os inimigos.

2. CONTRA, EM alguém (acionar o gatilho de arma de fogo; atirar)
_ Os assaltantes disparavam contra os (nos) policiais.

3. EM + choro, riso etc. (desabafar-se, desafogar-se, desatar)
_ Caiu do balanço e disparou num choro terrível.
_ Quando o vi, disparei incontinente numa gargalhada.

4. PARA algum lugar (partir às pressas)
_ Atrasado, o menino disparou para a escola.

DISPENSAR
1. algo A, PARA alguém (conceder, conferir, prestar)
_ A multidão dispensava ao (para o) bombeiro mil honrarias.

2. alguém DE + verbo no infinitivo ou algo (desobrigar, eximir)
_ Dispensou a menina de ajudá-la a lavar a louça.
_ Dispensei-o da difícil tarefa de dirigir-me a palavra.

DISPOR
1. alguém A algo (incitar, induzir)
_ Salários defasados dispuseram professores e funcionários à greve.

2. alguém A + verbo no infinitivo (convencer, persuadir)
_ O medo da morte dispôs o paciente a abandonar a bebida.

3. ~ (se) A + verbo no infinitivo (decidir-se, determinar-se)
_ Os marinheiros dispuseram-se a não terminar o motim antes de serem atendidos.


4. ~ (se) A + verbo no infinitivo (pretender Ø, tencionar Ø)
_ Colombo dispunha-se a encontrar uma nova rota marítima rumo ao Oriente.

5. ~ (se) A + verbo no infinitivo (aceitar Ø, concordar em)
_ O capitão, arrogante, não se dispõe a ouvir nenhuma queixa.

6. DE algo (possuir Ø, ter Ø)
_ Dispunha de uma fortuna imensa em obras de arte.

7. DE algo (desfazer-se, doar Ø)
_ Em nome de uma fé que não mais o anima, dispusera dos bens terrenos.

8. DE algo (emprestar Ø, fazer uso)
_ Poderíamos dispor da sua casa de campo no fim de semana?

9. DE algo (usar livremente)
_ Dispunha sem nenhuma parcimônia do dinheiro dos sogros.

10. DE alguém (utilizar o auxílio)
_ Os vizinhos dispunham de mim sempre que necessitavam.

11. algo EM algo (arrumar)
_ Disponha os livros em duas pilhas!

12. alguém EM algum lugar (acomodar, instalar)
_ Havia disposto os convivas em quartos luxuosos.

13. SOBRE algo (determinar, normalizar, prescrever)
_ Este é o decreto que dispõe sobre a coleta de lixo.

DISPUTAR
1. algo COM alguém ou animal (competir, concorrer)
_ A mulher disputava os alimentos distribuídos pela ONU com os outros miseráveis.
_ As capivaras disputavam água com os porcos.

2. COM alguém EM algo (competir, rivalizar)
_ E quem disputaria com ela em beleza?


3. algo COM alguém (jogar com a intenção de vencer)
_ Disputaremos uma partida com eles amanhã.

DISSERTAR
1. SOBRE algo (discorrer, expor)
_ Dissertou sobre a obra de Camus.

DISSOCIAR
1. algo DE algo (separar)
_ Você não pode dissociar a teoria da prática.

2. algo EM algo (decompor, desintegrar)
_ O cientista dissociava a substância em outros componentes.

DISSUADIR
1. alguém DE + verbo no infinitivo ou algo (desaconselhar, despersuadir; tirar de um propósito)
_ Dissuadi-la de abandonar tudo me parece impossível.
_ Dissuadimos o senador de suas intenções catastróficas.

DISTANCIAR
1. algo ou alguém DE algo ou alguém (afastar, apartar)
_ Distancie a mesa da parede, por favor.
_ Distanciei o cinzeiro malcheiroso dos convidados.
_ Terminado o enterro, distanciei-a do túmulo e levei-a para casa.
_ O tempo nos distancia dos que amamos.

DISTINGUIR
1. algo DE algo (diferenciar; perceber as diferenças entre; separar)
_ Não sabe distinguir um gesto simpático da adulação.

ENTRE algo
_ Distinguiria entre o certo e o errado em uma situação dessas?

2. ~ (se) POR algo (destacar-se, sobressair-se)
_ Distingue-se por sua nobreza de caráter.

DISTRAIR
1. ~ (se) COM algo (brincar, divertir-se, entreter-se)
_ Os garotos distraíam-se com a bola.

2. alguém DE algo (fazer esquecer; tirar ou desviar a atenção)
_ As preocupações não o distraíram das suas tarefas diárias.

DISTRIBUIR
1. algo A, ENTRE alguém (dar a, para; entregar a, para; repartir)
_ Distribuíra tudo quanto possuía aos (entre os) seus amigos.

2. algo A, PARA alguém (dirigir, endereçar)
_ O deputado distribuiu mil e uma promessas à (para a) multidão em polvorosa.

3. algo ENTRE alguém (atribuir a)
_ Já distribuíram os papeis da peça entre os atores?

DITAR
1. algo A, PARA alguém (pronunciar em voz alta para que alguém escreva)
_ A professora ditou um poema aos alunos.

2. algo A, PARA alguém (inspirar, sugerir)
_ A vida simples dos pastores ditou ao poeta excelentes versos.

DIVERGIR
1. DE algo (discrepar, estar em desacordo)
_ Sua atitude diverge do seu nobre caráter.

2. DE algo ou alguém EM algo (discordar, dissentir)
_ Divergia do projeto em muitos aspectos.
_ Se divergisse do meu pai em qualquer coisa, ficaria sem mesada.

DIVERSIFICAR
1. DE algo (diferençar-se; ser diverso)
_ A moda atual diversifica da antiga.

DIVERTIR
1. alguém COM algo (distrair, entreter, fazer rir)
_ A mocinha divertia o bebê com um chocalho.

~ (se) EM + verbo no infinitivo
_ Divertia-se em adivinhar nas nuvens figuras estranhas.


2. alguém DE algo (distrair, fazer esquecer)
_ O barulho do mar me diverte de toda preocupação.

DIVIDIR
1. algo COM alguém (compartilhar, repartir)
_ Dividirei com você essa alegria, mas não hoje...

2. algo EM algo (classificar, separar)
_ Vovó divide a sua história em dois períodos básicos: o antes e o depois do casório.

3. algo ENTRE alguém (distribuir, repartir)
_ A empresa divide parte dos lucros entre todos os funcionários.

4. algo POR algo (efetuar a operação de divisão)
_ Se dividirmos 25 por 5, qual será o resultado?

DIZER
1. A alguém + oração (mandar, ordenar, orientar)
_ Ela disse ao colega que se retirasse da reunião.

2. A, PARA alguém + oração (afirmar, assegurar)
_ Disseram à (para a) minha irmã que você pretendia estudar russo.

3. A, PARA alguém + oração (contar, enunciar, expor, exprimir)
_ Eu disse aos (para os) alunos que a prova seria com consulta.

4. algo A, PARA alguém (importar, interessar, significar)
_ Seu amor já não diz nada a (para) Geórgia.

5. algo A, PARA alguém (advertir, avisar)
_ Já disse aos (para os) seus pais que não iremos visitá-los no feriado?

6. algo DE alguém (repreender; censurar)
_ Não pode dizer nada de mim.

7. algo SOBRE algo (discorrer, dissertar)
_ Ele tinha muito a dizer sobre a sua experiência.

DOAR
1. algo A, PARA algo ou alguém (dar, oferecer)
_ Doou os livros a (para) uma biblioteca pública.
_ Doamos agasalhos aos (para os) necessitados.

2. algo A, PARA alguém (dedicar, entregar)
_ A tia solteira doou toda sua vida ao (para o) sobrinho órfão.

DOBRAR
1. ~ (se) A algo (ceder, submeter-se)
_ Por fim, dobrou-se à minha vontade.

2. POR alguém (soar um sino em sinal de morte)
_ Por quem os sinos dobram?

DOTAR
1. algo DE algo (guarnecer, munir, prover)
_ Dotou o hospital de aparelhos mais modernos.

2. algo DE algo (beneficiar, favorecer)
_ A natureza dotou a região de valiosos recursos minerais.

3. alguém DE algo (adquirir ou fazer adquirir)
_ A formação que recebera dotou a jovem de grande perspicácia.

DOUTORAR
1. ~ (se) EM algo (tornar-se doutor)
_ Doutoraram-se em Linguística Aplicada.

POR + nome indicativo de instituição de ensino.
_ Doutorou-se por uma universidade de renome internacional.

DUELAR
1. COM alguém (bater-se, combater, lutar)
_ Duelou até à morte com o rival.

DUVIDAR
1. DE algo (desconfiar em; não acreditar em; não estar convencido)
_ Duvido dessa história que me contaram.

2. DE alguém (colocar sob suspeita Ø; suspeitar)
_ Ciumento, duvidava da pobre mulher a todo instante.

3. EM + verbo no infinitivo (hesitar)
_ Duvidamos em recusar o convite.

*****************************************************************
Sao, Mayara Stringhetta.
Dicionário multilíngue de regência verbal: equivalentes em francês. /
Mayara Stringhetta Sao. - São José do Rio Preto: [s.n.], 2009.

******************************************************************************************

Comentários

  1. Oi! Não sei se está acontecendo com todo mundo, mas para mim o fundo do texto e a fonte estão em branco, então preciso selecionar tudo para conseguir ler :/

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

EXERCÍCIOS - ORAÇÕES SUBORDINADAS SUBSTANTIVAS E ADJETIVAS

EXERCÍCIOS SOBRE ORAÇÕES SUBORDINADAS ADVERBIAIS

01. A opção em que a oração subordinada pode ser considerada adverbial condicional é: a) Desde que o vi, me apaixonei. b) Desde que tenho muito trabalho hoje, não poderei sair. c) Permanecerei aqui, desde que você permaneça. d) Diga-me se a proposta lhe interessa. e) Falou sem que nos convencesse.
02. As orações subordinadas adverbiais assinaladas estão classificadas. assinale a alternativa cuja classificação esteja errada: a) “Nunca chegará ao fim por mais depressa que ande.” (oração subordinada adverbial concessiva) b) “Era tal a serenidade da tarde que se percebia o sino de uma freguesia distante, dobrando a finados.” (oração subordinada adverbial consecutiva). c) Mesmo que faça calor, não poderemos nadar. (oração subordinada adverbial concessiva) d) Ela era tão medrosa, que não saía de casa. (oração subordinada adverbial comparativa) e) Se tudo correr bem, levar-te-ei à Europa. (oração subordinada adverbial condicional)
03. No período: "Era tal a serenidade da tarde, que se percebia o sin…

EXERCÍCIOS - FUNÇÕES DA LINGUAGEM

01. Assinale a alternativa em que a função apelativa da linguagem é a que prevalece: A) Trago no meu peito um sentimento de solidão sem fim... sem fim... B) “Não discuto com o destino o que pintar eu assino.” C) Machado de Assis é um dos maiores escritores brasileiros. D) Conheça você também a obra desse grande mestre. E) Semântica é o estudo da significação das palavras. 02. Identifique a frase em que a função predominante da linguagem é a REFERENCIAL: A) Dona Casemira vivia sozinha com seu cachorrinho. B) Vem, Dudu! C) Pobre Dona Casemira... D) O que ... O que foi que você disse? E) Um cachorro falando? 03. A função metalinguística predomina em todos os fragmentos, exceto em: A) “Amo-te como um bicho simplesmente de um amor sem mistério e sem virtude com um desejo maciço e permanente.” (Vinicius de Morais) B) “Proponho-me a que não seja complexo o que escreverei, embora obrigada a usar as palavras que vos sustentam.” (Clarice Lispector) C) “Não narro…