Pular para o conteúdo principal

REGÊNCIA VEBAL - C























C

CABER
1. A alguém (pertencer; ser por direito ou dever de)
_ Na divisão dos bens, couberam aos filhos as melhores terras.

2. A alguém (condizer; ser adequado ou compatível)
_ Tal atitude não cabe a uma profissional experiente.

3. EM algo (estar contido dentro de)
_ Como todos estes objetos cabem na bolsa?

4. EM algo (poder realizar-se em determinado espaço de tempo)
_ A missa daquela igreja não cabe em uma hora.

CAÇOAR
1. DE algo ou alguém (zombar)
_ Caçoam de sua roupa.
_ Ele caçoava de qualquer um.

CAGAR
1. DE + medo (sentir muito medo)
_ Ela caga de medo de baratas.

2. EM alguém (ofender Ø, insultar Ø)
_ Os grevistas disseram que cagariam no prefeito devido às suas promessas não cumpridas.

CAIR
1. COM algo (combinar, harmonizar-se)
_ Esses sapatos não caem bem com o vestido azul.

2. COM alguém (ficar por acaso ou sorte)
_ Com quem você caiu no grupo de física?

3. COM, PARA alguém (caber a, tocar para)
_ O trabalho mais árduo caiu com (para) você.

4. EM algo (atirar-se, entrar)
_ Depois que terminou o namoro, o rapaz caiu na farra.

5. EM algo (entrar)
_ O malandro caiu em uma cilada.

6. EM algo (alcançar Ø, chegar a)
_ Uma informação importante caiu nos meus ouvidos.

7. EM algo (ser designado, escolhido para)
_ O segurança do banco caiu no turno da manhã.

8. EM algo ou alguém (incidir)
_ Caiu em contradição ao tentar se livrar da culpa pelo crime.
_ A sorte caiu no ganhador do concurso.

9. EM algum lugar (desaparecer, fugir)
_ Faz duas semanas que o fugitivo caiu na floresta.

10. EM algum tempo (coincidir com; ocorrer em)
_ Meu aniversário cairá em um domingo.

11. EM + choro, gargalhada, sono (entrar em determinado estado)
_ A menina caiu no choro ao reencontrar o pai.
_ Aquela situação fez com que ele caísse na gargalhada.
_ A dona de casa caiu no sono durante a novela.

12. EM + nome indicativo de controle (passar ao controle ou domínio de)
_ O dinheiro caiu em mãos de pessoas perigosas.

13. EM + nome indicativo de luta ou de lugar onde ocorre a luta (morrer, sucumbir)
_ Muitos soldados caíram na Primeira Guerra Mundial.

14. EM CIMA DE alguém (acusar Ø; criticar severamente Ø)
_ Todos caíam em cima dele devido às suas opiniões.

15. POR alguém (apaixonar-se)
_ Caiu por ele no primeiro momento em que o viu.

16. POR alguma direção (deslocar-se em campo; posicionar-se em)
_ Nenhum jogador da seleção francesa caía pela direita.

17. SOBRE algo (encontrar por acaso Ø)
_ Não pude evitar que meu olhar caísse sobre aquelas fotos.

18. SOBRE algo ou alguém (abater Ø, envolver Ø)
_ A infelicidade caiu sobre a cidadezinha.
_ Um grande abatimento caiu sobre ela.

19. SOBRE alguém (atacar de surpresa Ø; investir)
_ Os soldados caíram sobre os inimigos no meio da noite.

CALAR
1. EM algo ou alguém (atingir Ø, influenciou Ø)
_ A cena calou na mente do menino.
_ O discurso do candidato à presidência calou profundamente nos eleitores.

CALCAR
1. ~ (se) EM algo (apoiar-se; ter como base Ø)
_ O diretor calcou-se em razões injustas para expulsar o aluno.

2. algo EM algo (apoiar, fundamentar)
_ Ela calcava suas ideias em situações atípicas.

CALÇAR
1. algo EM alguém (pôr, vestir)
_ Calçou os sapatos no menino.

CALCULAR
1. algo EM algo (avaliar, estimar)
_ Calculava os lucros em dólares.

CALHAR
1. A algo ou alguém (convir; ser próprio de)
_ Tal comportamento não calhava às regras do local.
_ Tais atitudes não calhavam a um padre.

2. COM algo (coincidir)
_ Aquela oportunidade calhava com o grande sonho da minha vida.

3. COM algo ou alguém (ajustar-se; cair bem)
_ Essa camiseta não calha com essa calça.
_ Essa camisa não calhou com você.

4. DE + verbo no infinitivo (acontecer, suceder)
_ A consulta calhou de ser no dia da viagem.

CAMINHAR
1. PARA algo (dirigir-se, evoluir, tender)
_ A luta dos operários caminhava para a vitória.

CANDIDATAR
1. ~ (se) A, PARA algo (apresentar-se como candidato; inscrever-se)
_ Candidatei-me ao (para o) cargo de gerente.

2. ~ (se) A + verbo no infinitivo (apresentar-se para)
_ Ninguém se candidatou a fazer a pesquisa.

CANSAR
1. DE algo ou alguém (aborrecer-se com, enfastiar-se com)
_ Acho que nunca vou me cansar da faculdade.
_ Cansei-me de você.

2. DE + verbo no infinitivo (esgotar-se com)
_ Cansou de falar sempre a mesma coisa.

CANTAR
1. algo A, PARA alguém (dizer)
_ Cantou um triste poema ao (para o) público solicitante.

2. algo A, PARA alguém (predizer, prever)
_ Cantaram o sucesso da venda da casa aos (para os) vizinhos.

3. alguém PARA algo (tentar convencer ou convencer)
_ Cantei meu marido para me comprar aquele colar.

CAPACITAR
1. algo ou alguém A, PARA algo (habilitar; tornar capaz de)
_ O projeto capacita a empresa ao (para o) fornecimento de energia elétrica para um bairro de três mil pessoas.
_ A educação capacita os cidadãos a (para) uma melhor qualidade de vida.

CAPRICHAR
1. EM algo (fazer algo com cuidado; esmerar-se)
_ A jovem caprichava no visual.

CARACTERIZAR
1. ~ (se) POR algo (destacar-se, distinguir-se)
_ O brasileiro caracteriza-se por seu gingado.

CARECER
1. DE algo (não possuir Ø, não ter Ø)
_ O manual da televisão carece de informações mais precisas.

2. DE algo (necessitar, precisar)
_ Carecia de muita criatividade para fazer a redação.

CARREGAR
1. DE algo (encher-se; tornar-se repleto)
_ A mangueira carregava de frutos.

2. algo DE algo (encher)
_ Carregam os caminhões de mercadorias.
F: remplir avec, de
3. alguém DE algo (sobrecarregar)
_ O chefe carregou o empregado de trabalho.

4. EM algo (exagerar)
_ Quando jovem, carregava na maquiagem.

5. EM, SOBRE + nome indicativo de aposta em jogo de azar (apostar alto)
_ Quero carregar no (sobre o) cavalo número cinco.

6. EM, SOBRE + nome indicativo de posição ou proposta (insistir)
_ Poucos políticos carregam na (sobre a) proposta de aumento do salário mínimo.

7. PARA algo (pender, tender)
_ O edifício carregava para a esquerda.

CASAR
1. A, COM algo (combinar, harmonizar-se)
_ Sua expressão facial casava-se aos (com os) seus sentimentos.

2. algo A, COM algo (aliar, associar, unir)
_ Casou o útil ao (com o) agradável.

3. alguém COM alguém (unir pelo casamento)
_ A lei casou-o com sua prima.

4. algo CONTRA, EM algo (apostar)
_ Casou todo seu dinheiro contra o (no) cavalo número um.

CASCAR
1. algo A alguém (dirigir injúrias; responder rispidamente)
_ O professor cascou um insulto ao aluno.

2. EM alguém (bater; dar pancadas)
_ A menina cascava no namorado com raiva.

CASSAR
1. algo A alguém (privar de)
_ Tal era o seu nervosismo que o pai cassou a palavra à filha.

2. algo DE alguém (anular, apreender, revogar)
_ Cassaram os direitos políticos do deputado.

CAUSAR
1. algo A, PARA alguém (originar, provocar; ser causa de)
_ A atitude irresponsável da filha causou aflição aos (para os) pais.

CEDER
1. A algo (aceitar, concordar com, sucumbir)
_ Naquele episódio, cedeu à pressão dos colegas.

2. algo A, PARA alguém (dar; pôr à disposição)
_ Cedi meu lugar a (para) um senhor idoso.

CENSURAR
1. alguém POR algo (criticar, repreender)
_ O professor censurou os alunos pelo desleixo nos trabalhos.

CERCAR
1. DE alguém (acompanhar-se, aproximar-se)
_ Cercava-se de estrangeiros.

2. algo DE algo (circundar, rodear)
_ Cercamos a chácara de árvores.

CERCEAR
1. algo A alguém (impor limite; tornar menor)
_ Cercearam toda a liberdade ao réu.

CERTIFICAR
1. algo A alguém (afirmar, asseverar)
_ Certificou à interessada que os documentos apresentados eram suficientes.

2. DE algo (convencer-se, persuadir-se)
_ O rapaz certificou-se do horrível incêndio em seu edifício.

CESSAR
1. DE + verbo no infinitivo (desistir; parar)
_ Cessei de tentar.

CHAMAR
1. A, PARA + pronome (assumir, atribuir-se, tomar)
_ Chamava a si toda a culpa do incidente.

2. alguém A + verbo no infinitivo (estimular, incentivar)
_ O caos chamou-o a estabelecer regras mais rígidas.

3. alguém A + pronome (fazer voltar, retornar a um estado anterior)
_ O susto a chamou a si.

4. alguém A algo (exercer atração; fazer vir; trazer)
_ O professor chamou os alunos à ordem.

5. alguém DE algo (apelidar; dar nome a)
_ Chamava o marido de amor.

6. alguém PARA algo (convidar, nomear)
_ Não o chamaram para a festa.

7. POR algo (carecer, clamar, exigir Ø)
_ A corrupção de nosso país chama por medidas imediatas.

CHEIRAR
1. A algo (ter cheiro característico de)
_ Seu armário cheira a mofo.

2. A algo (parecer Ø: ter indícios de)
_ Seu discurso cheirava a hipocrisia.

CHOCAR
1. ~ (se) COM algo (estar em oposição; ser oposto a)
_ O seu comportamento choca-se com as suas promessas.

2. ~ (se) COM, CONTRA, EM algo (bater, colidir; ir de encontro a)
_ O caminhão chocou-se com (contra, em) um carro.

CHORAMINGAR
1. algo PARA alguém (contar com palavras chorosas)
_ Choramingava suas dificuldades para o patrão.

CHORAR
1. POR alguém (ter grande pesar; verter lágrimas)
_ O doente desejava que não chorassem por ele.

CIRCULAR
1. algo ou alguém DE algo (cercar, rodear)
_ Circulou o jardim de belas rosas.
_ Circularam a jovem morta de velas brancas.

2. ENTRE alguém (passar de mão em mão)
_ A nova enciclopédia circulou entre os presentes.

3. ENTRE alguém (deslocar-se, locomover-se, transitar)
_ Com desenvoltura, a copeira circulava entre os convidados.

4. POR algum lugar (espalhar-se, propagar-se)
_ A novidade circulou por todo o município.

5. POR algum lugar (percorrer Ø, viajar)
_ Neste verão, quero circular pela Grécia e suas ilhas.

6. POR algum lugar (passar de boca em boca)
_ As piadas sobre a gerência circulam pelo escritório.

CIRCUNDAR
1. algo DE algo (cercar, rodear)
_ Circundamos a casa de cerca elétrica.

2. ~ (se) DE algo ou alguém (cercar-se, rodear-se; fazer-se acompanhar)
_ Naquela casa, os moradores circundam-se de dor e lamentos.
_ O novo administrador circundou-se de auxiliares incompetentes.

CIRCUNSCREVER
1. algo A algo (limitar, reduzir)
_ É absurdo circunscrever a geografia ao estudo do relevo.

2. ~ (se) A algo (limitar-se, restringir-se)
_ Minha vida se circunscreve às tarefas domésticas.

CISMAR
1. COM algo ou alguém (antipatizar, implicar)
_ A empregada cismou com o novo aparelho eletrônico.
_ O professor cismou comigo sem nenhuma razão.

2. DE + verbo no infinitivo (insistir em; meter na cabeça; teimar em)
_ Cismou de ir à festa.

CLAMAR
1. algo A alguém (implorar, suplicar)
_ Clamei ajuda a meus interlocutores.

2. CONTRA algo (bradar; protestar com veemência)
_ Clamam contra o aumento da inflação.

3. POR algo (bradar, invocar; reclamar com veemência)
_ Clamei por liberdade.

4. POR algo (ter como exigência premente Ø)
_ O povo clama por melhores condições de vida.


CLASSIFICAR
1. alguém DE algo (considerar como, qualificar, tachar)
_ Classificou-a de autoritária.

2. algo EM algo (distribuir, especificar)
_ Classificaram as amostras em duas categorias distintas.

3. algo ou alguém POR algo (categorizar, ordenar)
_ Classificamos os países por sua densidade demográfica.
_ Classificou os alunos por ordem alfabética.

COABITAR
1. COM alguém (conviver; morar em comum)
_ Coabitava com o pai e os irmãos menores.

2. COM alguém (viver como marido e mulher)
_ Quando estudante, coabitou com colegas mais velhos.

COADUNAR
1. algo COM algo (combinar, harmonizar)
_ Coaduna trabalho com lazer.

2. ~ (se) COM algo (condizer)
_ Seus discursos não se coadunam com suas atitudes.

COAGIR
1. alguém A + verbo no infinitivo (constranger, obrigar)
_ Coagiram-na a assumir toda a responsabilidade no caso do desvio de verbas.

COBRAR
1. algo A, DE alguém (exigir ou pedir o cumprimento de compromisso ou promessa)
_ Cobrou à (da) amiga a devolução das roupas emprestadas.
_ Você não tem o direito de cobrar isso de mim.

COBRIR
1. algo DE algo (revestir)
_ Cobriremos a cama de cetim.


2. algo ou alguém DE algo (alastrar, encher)
_ A primavera cobriu o vale de flores amarelas.
_ Quando se encontram, ela o cobre de carinho.

3. alguém DE algo (defender, proteger, resguardar)
_ Com o corpo, um estranho cobriu-a da rajada de balas.

COCHICHAR
1. algo A alguém (dizer em voz baixa; murmurar)
_ Cochichava o resultado do exercício à coleguinha da frente.

2. COM alguém (conversar em voz baixa; sussurrar)
_ Durante o concerto, cochichava com o amigo.

COCHILAR
1. EM algo (equivocar-se, errar)
_ Cochilou nas contas.

COEXISTIR
1. COM algo (existir simultaneamente)
_ Em cidades de médio porte, carroças ainda coexistem com carros.

EM algum lugar
_ Um sistema feudal e um mercantilista coexistiam na Europa na época dos descobrimentos.

COGITAR
1. DE, EM, SOBRE algo ou + verbo no infinitivo (imaginar sobre; pensar em, sobre; refletir sobre)
_ Está apaixonado e cogita da (na, sobre a) beleza da vida.
_ Cansada de tanto abuso, cogitou de (em, sobre) largar o marido.

COIBIR
1. alguém DE algo (impedir, intimidar, reprimir)
_ Coibiram-no de expressar sua opinião sobre o assunto.

2. ~ (se) DE algo (abster-se, privar-se)
_ Coibira-se de comidas gordurosas.

COINCIDIR
1. COM algo (acontecer ao mesmo tempo que)
_ O terremoto coincidiu com o início da guerra.

2. COM algo (afinar-se, combinar, concordar)
_ Seu último depoimento não coincide com o primeiro.

COLABORAR
1. COM algo ou alguém EM, PARA algo (cooperar)
_ Colaborou com dinheiro na (para a) construção da igreja.
_ Colaborou com os pais na (para a) criação dos irmãos mais novos.

2. EM algo (escrever)
_ Colabora em uma revista científica pouco conhecida.

3. EM algo (contribuir, participar)
_ Colaborou na limpeza da casa.

4. PARA algo (concorrer, contribuir)
_ Todos esses acontecimentos colaboraram para o sucesso do cantor.

COLAR
1. A algo (aderir, grudar)
_ Úmida pelo suor, sua roupa colava-se ao corpo.

2. alguém A algo (prender)
_ O sonho de enriquecer colava-o ao trabalho.

3. EM algo ou alguém (acuarm Ø, perseguir Ø)
_ Ele colou em minha moto até eu parar.
_ Vou colar na professora para conseguir outra chance.

COLHER
1. algo DE algo (deduzir, depreender, inferir)
_ Colheu dados importantes daquele depoimento.

COLIDIR
1. COM algo (ir de encontro a; chocar-se)
_ Na esquina, o caminhão colidiu com o automóvel.


2. COM algo (chocar-se, contrariar Ø, contradizer Ø)
_ As ordens do imediato colidiam com as do comandante.

COLIGAR
1. alguém A, COM alguém (associar, unir)
_ A luta contra os invasores coligou os revolucionários aos (com os) conservadores.

COLOCAR
1. algo EM algo (aplicar, investir)
_ Colocou todo o dinheiro na nova casa.

2. algo EM, SOBRE algo (pôr)
_ A mucama colocava o pesado jarro na (sobre a) mesa.

3. alguém EM algo (situar, deixar)
_ A nova resolução colocou-me em condições favoráveis.

COMBATER
1. CONTRA algo ou alguém (lutar, pelejar)
_ Combatemos contra a inflação.
_ Na Segunda Guerra, combateram contra os alemães.

2. POR algo (batalhar, empenhar-se)
_ Os operários combatiam por justiça.

COMBINAR
1. COM algo (estar conforme; condizer)
_ Suas atitudes não combinavam com seus longos sermões moralistas.

2. COM algo (reagir quimicamente)
_ O ácido combina com a base e produz sal.

3. algo COM algo (harmonizar; associar adequadamente)
_ Combinava beleza com inteligência.

4. algo COM alguém (acertar, ajustar, pactuar)
_ Combinou o horário do encontro com o namorado.

5. DE + verbo no infinitivo (concordar em)
_ Os professores combinaram de adiar as últimas provas.

COMEDIR
1. ~ (se) EM algo (conter-se, moderar-se)
_ Comedia-se nas ações.

COMENTAR
1. SOBRE algo COM alguém (conversar, falar)
_ Não comentou sobre a sua doença com ninguém.

COMERCIALIZAR
1. COM alguém (comerciar, negociar)
_ Comercializa exclusivamente com norte-americanos.

algo COM alguém
_ Comercializa seus produtos com o dono da quitanda.

COMERCIAR
1. COM alguém (negociar; ter relações comerciais)
_ Comerciava com mercadores marroquinos.

2. algo COM alguém (contratar, negociar)
_ Comercia arroz com agricultores goianos.

COMISERAR
1. ~ (se) DE alguém (apiedar-se, compadecer-se; sentir pena)
_ Comiserou-se dos moradores de rua.

COMOVER
1. ~ (se) COM algo (enternecer-se, impressionar-se)
_ Comove-se com a alegria dos meninos.

COMPACTUAR
1. COM algo ou alguém (concordar, contemporizar)
_ Não compactuo com as ideias do diretor.
_ Não compactua com assassinos.

COMPADECER
1. ~ (se) DE alguém (sentir piedade ou compaixão)
_ Compadeceu-se dos pobres desabrigados.

COMPARAR
1. alguém A alguém (equiparar)
_ Não compararia o jovem cientista a Einstein.

2. ~ (se) A, COM algo ou alguém (equivaler-se, igualar-se)
_ O amor compara-se à (com a) amizade.
_ Ricas mulheres da burguesia não se comparam a (com) rainhas.

3. algo ou alguém COM algo ou alguém (confrontar; examinar semelhanças e diferenças)
_ Não compare essas flores artificiais com as de meu belo jardim.
_ Não me compare com a minha irmã.

COMPARECER
1. A algum lugar (aparecer em; apresentar-se em local determinado)
_ Compareceu à festa.

COMPARTILHAR
1. algo COM alguém (dividir, partilhar, repartir)
_ A siderúrgica compartilha os lucros com os operários.

2. DE algo (participar; tomar parte)
_ Compartilhamos do seu sucesso.

COMPATIBILIZAR
1. algo A, COM algo (conciliar, harmonizar; tornar compatível)
_ Compatibilizou os interesses do sócio aos (com os) seus.

2. ~ (se) COM algo (estar ou ser compatível)
_ O preço dos produtos se compatibiliza com sua qualidade.

COMPELIR
1. alguém A + verbo no infinitivo (coagir, forçar, obrigar)
_ Os ladrões compeliram a gerente do banco a revelar o segredo do cofre.

COMPENETRAR
1. alguém DE algo (convencer, persuadir)
_ A doença compenetrou-a de que deveria mudar seu estilo de vida.

2. ~ (se) DE algo (passar a compreender Ø)
_ Com o tempo, compenetrou-se da religião do amigo.

COMPENSAR
1. algo COM algo (contrabalançar, equilibrar)
_ Compensa os meses de isolamento com viagens à Europa.

2. alguém DE algo (indenizar, recompensar, ressarcir)
_ O êxito da peça compensou os atores das muitas horas de trabalho.

COMPETIR
1. A alguém (caber, pertencer por direito)
_ Por disposição de testamento, a mansão compete ao jardineiro.

2. A alguém (caber, ser da competência de)
_ Compete aos policiais a segurança do município.

3. COM algo (ser concorrente de, ser rival de)
_ A fantasia compete com a realidade.

4. COM alguém EM algo (concorrer, disputar)
_ Competia com o colega em inteligência.

COMPLICAR
1. alguém EM algo (envolver, implicar)
_ Sem querer, compliquei-a nos meus problemas.

COMPOR
1. ~ (se) DE algo (compreender Ø, constituir-se)
_ A prova compunha-se de dez questões dissertativas.

COMPRAR
1. algo DE alguém (adquirir por dinheiro)
_ Comprei de uma amiga a casa em que ela morara quando criança.

131
COMPRAZER
1. ~ (se) COM algo (alegrar-se, deleitar-se, ter prazer)
_ Ela se compraz com o ruído das águas do riacho.

~ (se) EM + verbo no infinitivo
_ Pai e filho compraziam-se em desmentir o sócio diante de todos.

COMPROMETER
1. ~ (se) A + verbo no infinitivo (assumir responsabilidade ou compromisso de; obrigar-se)
_ O associado compromete-se a pagar em dia a anuidade do clube.

2. ~ (se) COM alguém (envolver-se, implicar-se)
_ Comprometeu-se com um parlamentar corrupto.

3. ~ (se) COM alguém (ligar-se afetivamente a)
_ Comprometeu-se com a empregada, mas logo se arrependeu.

4. alguém EM algo (envolver, implicar)
_ Comprometeu o pai no pagamento das suas dívidas de jogo.

COMPROVAR
1. algo A, PARA alguém (demonstrar, provar)
_ Com este recibo comprovei à (para a) secretária a entrega do material.

COMPUTAR
1. algo A algo (atribuir; registrar em favor de)
_ Computei aquela atitude à sua coragem.

2. algo COM algo (comparar, confrontar)
_ Computamos as perdas com os ganhos.

3. algo EM + nome indicativo de quantidade (calcular, orçar)
_ Computei a despesa em trezentos reais.

4. algo ou alguém ENTRE algo ou alguém (contar, englobar, incluir)
_ Computo minha casa entre as mais antigas do bairro.
_ Computaram você entre os melhores alunos do curso.


COMUNGAR
1. COM algo (concordar)
_ Não comungava com as decisões do presidente.

2. COM, DE algo (participar de)
_ Como seus colegas de trabalho, comungava com a (da) greve vigente.

3. DE algo (compartilhar)
_ Comungam dos mesmos sonhos.

COMUNICAR
1. algo A, PARA alguém (divulgar; fazer saber; transmitir)
_ Comunicaram aos (para os) passageiros o atraso do vôo 355.

2. algo A, PARA alguém (conceder, dar)
_ Nossa presença comunicava alegria aos (para os) familiares.

3. algo COM algo (estar em comunicação; ligar)
_ A sala de jantar comunica a cozinha com a sala de estar.

4. ~ (se) COM alguém (conversar; pôr-se em contato)
_ Comunicou-se com os filhos pelo telefone.

COMUTAR
1. algo EM algo (atenuar pena ou castigo)
_ O tribunal comutou a minha pena em trabalhos assistenciais.

2. algo POR algo (permutar, trocar)
_ Aquela tribo comuta diamantes por alimentos.

CONCEDER
1. algo A, PARA alguém (pôr à disposição; tornar disponível)
_ A prefeitura não concedeu o alvará ao (para o) proprietário do imóvel.

2. algo A, PARA alguém (dar como um favor)
_ Concedeu ao (para o) primo o empréstimo de que necessitava.

3. algo A, PARA alguém (dar por direito; outorgar)
_ O rei concedeu liberdade ao (para o) prisioneiro.


4. EM algo (concordar)
_ Concedeu em que tirássemos quinze dias de férias.

CONCENTRAR
1. algo EM algo (agrupar, reunir)
_ Concentrou todo o poder nas mãos de seu ministro.

2. algo EM alguém (aplicar, dirigir)
_ Concentramos nossas esperanças no novo presidente do sindicato.

3. ~ (se) EM algo (absorver-se; meditar profundamente)
_ Concentrou-se nos estudos.

CONCERNIR
1. A algo (ter relação com; dizer respeito; referir-se)
_ Esse caso não concerne ao tema em discussão.

2. A alguém (importar, interessar)
_ Apenas a nós mesmos concerne nosso futuro.

CONCHAVAR
1. algo COM alguém (acertar, combinar)
_ Senadores governistas conchavaram com um grupo oposicionista a aprovação do projeto.

CONCILIAR
1. algo COM algo (combinar ou harmonizar coisas contraditórias , incompatíveis)
_ Conciliava doçura com austeridade.

2. alguém COM alguém (confraternizar, reconciliar)
_ A mãe conciliou o filho com o pai.

3. ~ (se) COM alguém (pôr-se de acordo)
_ Nem sempre os filhos se conciliam com os pais.

CONCLAMAR
1. alguém A, PARA algo ou + verbo no infinitivo (convocar, incentivar, incitar)
_ Conclamou os operários à (para a) greve.
_ O presidente convocou o eleitorado a (para) comparecer às urnas.

CONCLUIR
1. algo DE algo (deduzir, depreender, inferir)
_ Os congressistas concluíram muito pouco da conferência do convidado especial.

2. POR algo (decidir, optar, resolver)
_ Depois de muito discutir, concluímos pela desistência da viagem.

CONCORDAR
1. COM algo (combinar, condizer, corresponder a)
_ Suas expressões faciais não concordam com o que está afirmando.

2. COM alguém (ajustar-se; estar de acordo)
_ Embora não concorde com o professor, permaneço calada.

3. EM algo ou + verbo no infinitivo (aceitar, consentir)
_ Por fim, concordamos nas decisões mais urgentes.
_ Concordei em diminuir o valor do aluguel.

CONCORRER
1. A algo (competir por; participar em concurso por)
_ Preencha os cupons e concorra ao prêmio.

2. COM alguém EM algo (competir, disputar, rivalizar)
_ Concorria com os colegas de sala em esperteza.

3. COM algo EM, PARA algo (colaborar, contribuir)
_ Concorreu com mão de obra na (para a) construção da igreja.

4. EM algo (coexistir com)
_ Sentimentos diversos concorrem no amor.

5. PARA algo ou + verbo no infinitivo (colaborar, contribuir)
_ O entusiasmo da torcida concorreu para a vitória do nadador brasileiro.
_ Toda a sua gentileza concorre para aumentar seu prestígio junto aos superiores.

CONCRETIZAR
1. algo EM algo (efetivar, materializar)
_ Concretizou suas ideias inovadoras na construção de um museu revestido de titânio.

CONDECORAR
1. alguém COM algo (agraciar; distinguir com título ou insígnia)
_ Condecorou a ginasta com a medalha de ouro.

CONDENAR
1. alguém A algo (fadar, forçar, sujeitar)
_ A riqueza o condenou a uma infância sem liberdade.

2. alguém A + verbo no infinitivo (impor pena; sentenciar)
_ Condenaram-no a morrer na prisão.

3. ~ (se) A algo ou + verbo no infinitivo (obrigar-se, sujeitar-se)
_ Embora muitos migrem, alguns nordestinos se condenam à seca.
_ Condenou-se a ficar calada diante de tanta injustiça.

4. alguém POR algo (censurar, reprovar)
_ Condenaram-na por sua franqueza e lealdade.

CONDENSAR
1. algo EM algo (reduzir, resumir, sintetizar)
_ Condensou seu discurso em uma página.

CONDESCENDER
1. A algo (ceder)
_ Condescendi à sua vontade.

2. COM algo (consentir Ø)
_ Não condescendo com sua falta de educação.

3. EM + verbo no infinitivo (concordar)
_ Condescenderam em esperar mais cinco minutos.

CONDICIONAR
1. algo A algo (tornar apto, preparado)
_ Condicionei meus músculos aos grandes esforços físicos.

2. algo A algo (impor como condição)
_ O equilibrista condiciona sua participação no show a um cachê elevadíssimo.

3. alguém A + verbo no infinitivo (convencer, sugestionar)
_ Condicionou os cidadãos a manterem a cidade limpa.

4. ~ (-se) A algo ou + verbo no infinitivo (adaptar-se, amoldar-se, habituar-se)
_ Condicionou-se ao novo estilo de vida.
_ Condicionei-me a levantar muito cedo.

CONDIZER
1. COM algo (combinar, concordar)
_ As extensas horas de trabalho não condizem com o seu salário.

CONDOER
1. ~ (se) DE algo ou alguém (apiedar-se, comover-se, compadecer-se)
_ Acabamos por condoer-nos de seu sofrimento.
_ Condoeram-se dos meninos de rua.

CONDUZIR
1. A algum lugar (dar acesso)
_ Esta rodovia conduz ao porto.

2. algo A algum lugar (direcionar, levar)
_ Essa tubulação conduz o gás ao seu apartamento.

3. alguém A algo (impelir, levar, mover)
_ Aquele procedimento conduziu o dentista ao desespero.

CONECTAR
1. algo A, COM algo (ligar, unir)
_ Essa linha de ônibus conecta a zona sul ao (com o) centro da cidade.

CONFABULAR
1. COM alguém (conversar)
_ Durante a aula, confabulava com os colegas.

2. COM alguém (conspirar, maquinar, tramar)
_ Antes das reuniões decisivas, confabula com seus cúmplices.


CONFERIR
1. algo A algo (dar, imprimir, proporcionar)
_ O deputado conferiu ao seu discurso um tom agressivo.

2. algo A, PARA alguém (dar, conceder)
_ Conferiu bons descontos ao (para o) antigo cliente.

3. COM algo (condizer, coincidir)
_ A versão da vítima não conferia com a do réu.

4. COM algo (comparar, confrontar)
_ Conferi o valor do cheque com o da nota fiscal.

CONFESSAR
1. algo A, PARA alguém (contar, declarar, revelar)
_ Confessei ao (para o) terapeuta meus temores e inquietações.

CONFIAR
1. algo A alguém (comunicar, confidenciar)
_ Confiou suas intenções mais secretas à madre superiora.

2. algo ou alguém A alguém (entregar aos cuidados de)
_ Confio minhas joias a você.
_ Durante sua ausência, confiou a filha aos avós.

3. EM algo ou alguém (acreditar; ter confiança; ter fé)
_ Não confiava na justiça.
_ Confio em você.

CONFIDENCIAR
1. algo A, PARA alguém (dizer em segredo, em confidência)
_ Confidenciei meus desejos e intimidades à (para a) minha melhor amiga.

2. COM alguém (conversar reservadamente)
_ Confidenciava com os amigos.

CONFIRMAR
1. algo A, PARA alguém (afirmar, ratificar)
_ Por telefone, confirmou o horário da chegada do inspetor à (para a) secretária.


CONFLITAR
1. COM algo ou alguém (brigar, colidir; estar em oposição a)
_ Sua graça e simpatia conflitavam com sua alma invejosa.
_ Conflita constantemente com os companheiros de equipe.

CONFLUIR
1. A algum lugar (afluir, convergir)
_ Milhares de pessoas confluíram ao local do espetáculo.

2. COM algo (juntar-se, reunir-se)
_ O rio Tocantins conflui com o Amazonas.

3. COM algo (coincidir, convergir)
_ Os interesses de nossas minas confluem com os da indústria de base.

4. PARA algum lugar (dirigir-se)
_ Essas duas rodovias confluem para o litoral.

CONFORMAR
1. algo A, COM algo (adequar, conciliar, equilibrar)
_ Conformava os gastos ao (com o) salário.

2. ~ (se) A algo (sujeitar-se, submeter-se)
_ Conformara-se às arbitrariedades do marido.

3. ~ (se) COM algo (aceitar Ø, resignar-se)
_ Não me conformo com o resultado das eleições.

4. ~ (se) COM algo (adequar-se a; ser conforme ou correspondente a)
_ A cobiça não se conforma com a humildade.

CONFRATERNIZAR
1. COM alguém (concordar em sentimento; tratar fraternalmente Ø)
_ O grupo musical confraternizou com os fãs durante o show.

CONFRONTAR
1. COM algo (fazer face, vizinhar)
_ O rio confronta com o vilarejo.

2. algo COM algo (comparar, cotejar)
_ O diretor do colégio confrontou o depoimento da aluna com o relato do professor.

3. ~ (se) COM algo ou alguém (deparar-se)
_ Na faculdade Marcinha se confrontou com a inveja das colegas.
_ A caminho da estação, confrontei-me com ela.

4. ~ (se) COM alguém ou animal (enfrentar Ø; pôr-se em confronto)
_ Naquele momento, a garota confrontar-se-ia com a rival.
_ O cachorro confronta-se com o gato.

CONFUNDIR
1. ~ (se) A, COM algo (misturar-se, unir-se)
_ Em sua mente debilitada, a fantasia confundia-se à (com a) realidade.

2. algo COM algo ou alguém COM alguém (não distinguir de; tomar um pelo outro)
_ O estrangeiro confundia o português com o espanhol.
_ Por serem muito parecidos, confundo sempre Pedro com João.

CONGRAÇAR
1. alguém COM alguém (reconciliar)
_ A reunião festiva não foi suficiente para congraçar um companheiro com outro.

CONGRATULAR
1. ~ (se) COM algo (regozijar-se)
_ O paciente congratulava-se com a visita dos amigos.

2. ~ (se) COM alguém (partilhar da alegria)
_ Congratulo-me com a senhora pelo sucesso de seu romance.

CONJUGAR
1. ~ (se) A, COM algo (combinar-se, ligar-se, unir-se)
_ O óleo não se conjuga à (com a) água.

2. algo COM algo (combinar, ligar, unir)
_ Foi preciso conjugar coragem com força.


CONQUISTAR
1. alguém A algo (atrair, seduzir)
_ Mesmo doente, conquistou os adversários à sua causa política.

CONSAGRAR
1. algo A algo (dedicar, destinar)
_ Este livro consagra apenas um capítulo à poesia contemporânea.

2. algo A algo (dedicar, devotar)
_ O pai consagrou quase toda a vida ao trabalho.

~ (se) A algo
_ Ainda jovem, consagrou-se à militância sindical.

CONSCIENTIZAR
1. alguém DE algo (avisar; tornar ciente)
_ Alguém conscientizaria a garota do perigo da situação.

2. ~ (se) DE algo (tomar conhecimento)
_ O país conscientizou-se da real condição da economia.

3. alguém PARA algo (alertar)
_ Os profissionais sanitários conscientizam a população para o risco de uma epidemia.

CONSEGUIR
1. algo DE alguém (alcançar, obter)
_ Nas atuais circunstâncias, ela só conseguirá ajuda do produtor de modas, de mais ninguém.

2. algo PARA alguém (arranjar, arrumar)
_ Consegui o emprego para meu amigo.

CONSENTIR
1. algo A alguém (dar consentimento; permitir)
_ Consentiram a entrada no bar ao menor.

2. EM algo ou + verbo no infinitivo (concordar)
_ O noivo consentirá na anulação do casamento.
_ Consentiu em trabalhar até mais tarde.

CONSIGNAR
1. algo A, PARA alguém (confiar, entregar)
_ Consignaremos dez motores de barco ao (para o) revendedor mais popular da cidade.

2. nome indicativo de renda ou quantia em dinheiro A, PARA algo (determinar, fixar)
_ O Ministério da Fazenda consigna 20% do orçamento à (para a) Saúde.

CONSISTIR
1. EM algo (compor-se; ser constituído por)
_ Seu almoço consistia em uma salada apenas.

2. EM algo (reduzir-se, resumir-se)
_ Seu conhecimento de física consiste na memorização de algumas fórmulas.

CONSOLAR
1. alguém DE algo (confortar por)
_ Consolou-a de suas últimas perdas.

2. ~ (se) DE algo (conformar-se com, resignar-se com)
_ Consolou-se de seu fracasso.

3. ~ (se) COM algo (satisfazer-se)
_ Fracassou nos negócios, mas consola-se com o sucesso do amigo.

CONSOLIDAR
1. algo EM algo (fixar, fortalecer)
_ O arquiteto consolidou tendências contemporâneas no edifício recém-construído.

2. algo EM algo (converter)
_ A jovem consolidou as suposições em afirmações categóricas e bem fundamentadas.

CONSPIRAR
1. CONTRA algo ou alguém (maquinar, tramar)
_ Os alunos conspirariam contra o novo regulamento.
_ Os injustiçados conspiraram contra os políticos.

2. CONTRA alguém (consistir em empecilho para; ser desfavorável para)
_ Parecia que tudo conspirava contra eles.


3. PARA algo (concorrer, contribuir)
_ Variadas circunstâncias conspiraram para a derrota do time.

CONSTAR
1. algo A alguém (ser do conhecimento de)
_ Não me consta que você tenha desistido daquelas pretensões.

2. DE algo (compor-se, constituir-se)
_ A tese consta de duas partes: uma teórica e outra prática.

3. DE algo (estar escrito, mencionado ou registrado em)
_ Nunca assiste às aulas, mas seu nome consta da lista de chamada.

4. DE algo (incluir-se em; fazer parte)
_ Essa peça para piano não consta do novo disco.

CONSTITUIR
1. ~ (se) DE algo (compor-se, formar-se)
_ Essa rocha constituiu-se de várias camadas de minerais cristalizados.

2. alguém EM algo (empossar)
_ O presidente constituiu o senador no cargo de ministro.

3. ~ (se) EM algo (consistir, ser Ø)
_ A presença da polícia constituía-se num alívio para os moradores deste bairro.

4. ~ (se) EM algo (passar a ser Ø; tornar-se Ø)
_ A feira agropecuária constituíra-se no principal evento do município.

CONSTRANGER
1. alguém A + verbo no infinitivo (forçar, obrigar)
_ O povo indignado constrangeu o ditador a renunciar.

CONSULTAR
1. ~ (se) COM alguém (fazer consulta; pedir parecer a)
_ Decidi consultar-me com um dermatologista.


2. alguém SOBRE algo (pedir instrução, informação ou parecer)
_ Consultei a cartomante sobre meu futuro.

CONSUMAR
1. ~ (se) EM algo (acabar, resultar)
_ A rixa entre as torcidas consumou-se em tragédia: dois mortos e oito feridos.

CONSUMIR
1. algo EM algo (aplicar, empregar)
_ O jornalista consumiu incontáveis noites na redação daquela biografia.

CONTAR
1. algo A, PARA alguém (expor, narrar, relatar)
_ Ele nunca contaria essa história a (para) ninguém.

2. COM algo (esperar, prever, supor)
_ O estrangeiro não contava com tanta receptividade no país.

3. COM algo ou alguém (dispor de, possuir Ø)
_ A empresa contava com uma excelente equipe de produção.
_ O criminoso contará com um advogado renomado.

4. COM alguém (confiar em; ter esperança em)
_ Nos momentos difíceis, sempre contei com meu pai.

5. alguém ENTRE alguém (considerar; incluir; levar em conta)
_ A mulher conta poucos amigos entre os colegas de trabalho.

6. SOBRE algo (falar)
_ O explorador contou sobre sua recente viagem ao pólo sul.

CONTATAR
1. COM alguém (comunicar-se, conversar; estabelecer comunicação)
_ O chefe contatara com diversos estagiários.

2. algo COM algo (conectar, ligar; pôr em contato)
_ Decidiram contatar um telefone com outro.

CONTEMPLAR
1. alguém COM algo (beneficiar, conferir, outorgar)
_ A lei não contempla os servidores públicos com tal benefício.

2. alguém COM algo (premiar, presentear)
_ Os organizadores contemplaram a equipe vencedora com um troféu de prata.

3. EM algo (considerar Ø, meditar, refletir)
_ Aquele homem bem-sucedido contemplava nas falhas passadas.

CONTEMPORIZAR
1. COM alguém (condescender; entrar em acordo)
_ Pôs fim na briga contemporizando com o marido.

CONTENTAR
1. ~ (se) COM algo (satisfazer-se)
_ Contento-me com qualquer coisa.

~ (se) COM, EM + verbo no infinitivo
_ O adolescente contentou-se com (em) comer apenas arroz e feijão.

CONTER
1. ~ (se) EM algo (comedir-se, moderar-se, refrear-se)
_ Decidi conter-me nos gastos.

CONTESTAR
1. A algo (replicar, responder)
_ Visivelmente perturbado, o parlamentar não contestou às acusações.

CONTINUAR
1. COM algo (não interromper Ø; prosseguir)
_ Os cientistas decidiram continuar com o projeto.

2. EM algo (insistir, persistir, perseverar)
_ O mundo continuará na luta contra a AIDS.


CONTRABALANÇAR
1. algo COM algo (equilibrar, compensar)
_ Contrabalançava acanhamento excessivo com gestos amáveis.

CONTRABALANCEAR [v. CONTRABALANÇAR]
CONTRACENAR
1. COM alguém (atuar, interpretar, representar)
_ O principiante contracenará com um ator famoso.

CONTRA-INDICAR
1. algo A, PARA alguém (desaconselhar)
_ O médico contra-indicou o remédio ao (para o) paciente.

CONTRAPOR
1. algo A algo (confrontar, opor)
_ Não queria contrapor nesta sala um quadro renascentista a um surrealista.

2. algo A algo (apresentar ou expor em oposição)
_ O advogado contrapôs argumentos convincentes aos da promotoria.

CONTRASTAR
1. COM algo (divergir, opor-se a)
_ Seus cabelos negros contrastam fortemente com a pele clara de seu rosto.

2. COM alguém (estar em oposição a; ser diferente ou contrário de)
_ Ela parece feia porque contrasta com a mãe.

3. algo COM algo (confrontar, cotejar, contrapor)
_ Contrastei os resultados das amostras com minhas hipóteses de pesquisa.

CONTRATAR
1. algo COM alguém (fazer contrato; negociar)
_ O gerente contratou o trabalho com uma ótima equipe de publicitários.

CONTRIBUIR
1. COM algo (colaborar, cooperar)
_ Espero que contribua com resultados positivos.


2. PARA algo (concorrer; ter parte)
_ Tudo contribuía para um final feliz.

CONVALESCER
1. DE algo (recobrar a saúde; recuperar-se, restabelecer-se)
_ O doente convalesceu de uma hepatite.

CONVENCER
1. alguém A + verbo no infinitivo (fazer aceitar Ø, admitir Ø; persuadir)
_ Tentarei convencê-la a me ajudar no trabalho.

alguém DE algo
_ Tentará convencê-los de sua inocência.

CONVERGIR
1. PARA algo (concentrar-se, encaminhar-se, tender)
_ As evidências convergiam para um único desfecho.

2. PARA algo ou alguém (direcionar-se, voltar-se)
_ Seu esforço convergirá para aquele objetivo.
_ Entrou na sala e todos os olhares convergiram para o recém-chegado.

CONVERSAR
1. COM alguém (falar; trocar palavras)
_ Sempre conversei com muitas pessoas na escola.

2. SOBRE algo (discorrer, discutir, expor)
_ Hoje vamos conversar sobre os processos de destilação.

CONVERTER
1. alguém A algo (conduzir, levar)
_ Aquelas estranhas experiências converteram o ateu ao budismo.

2. algo EM algo (fazer câmbio de; trocar)
_ O viajante converteria reais em dólares.

3. algo EM algo (mudar, transformar)
_ Depressivo, convertia a alegria em tristeza.


4. algo EM algo (alterar ou transformar o fim, a função, o uso de)
_ Os pais converteram o quarto da filha recém-casada em uma sala de ginástica.

CONVIDAR
1. A algo (impelir, incitar, provocar)
_ A corrupção convida à desilusão.

2. alguém A + verbo no infinitivo (atrair, incentivar, induzir)
_ O calor convidava-a a tomar sorvetes e refrescos.

3. alguém A + verbo no infinitivo (pedir para, solicitar para)
_ Convidou o aluno a retirar-se da sala de aula.

4. alguém A, PARA algo (chamar; solicitar o comparecimento)
_ Convidou os parentes à (para a) sua apresentação de piano.

5. ~ (se) PARA algo (comparecer sem ser convidado)
_ Aquele moço se convidou para a festa, mesmo não conhecendo ninguém.

CONVIR
1. A, PARA alguém (condizer; ser adequado, próprio)
_ Tal atitude não convinha a (para) um homem tão sensato.

2. A, PARA alguém (ser conveniente, útil, proveitoso)
_ O valor do apartamento convém a (para) mim.

3. EM algo ou + verbo no infinitivo (admitir Ø, concordar com)
_ Ante meus argumentos, conveio em que estava equivocado.
_ O químico conveio em refazer o experimento.

CONVIVER
1. COM algo (adaptar-se a, habituar-se)
_ A partir de agora deverá conviver com a doença.

2. COM alguém (viver em comum, em proximidade)
_ O garoto convivia bem com os pais adotivos.

CONVOCAR
1. alguém PARA algo (chamar a participar; convidar)
_ O presidente da comissão convocou os membros para uma reunião extraordinária.

COOPERAR
1. COM alguém (colaborar)
_ Não me recusaria a cooperar com uma pessoa tão querida.

COM alguém EM algo
_ Cooperou com o radiologista na realização dos exames.

COM, EM algo EM, PARA algo
_ Os amigos cooperarão com (em) um empréstimo na (para a) realização da festa.

2. EM algo (ajudar, contribuir, participar)
_ Em casa, ninguém coopera nas despesas.

COORDENAR
1. algo A, COM algo (interligar, ligar, unir)
_ O poema coordenava forma a (com) um belo conteúdo.

COPIAR
1. algo DE alguém (fazer cópia; imitar; tomar por modelo)
_ O candidato à presidência copiou o discurso de seu adversário.

COPULAR
1. COM animal (acasalar; ter cópula)
_ O jacaré macho copula com a sua fêmea no brejo.

CORPORIFICAR
1. algo EM algo (concretizar-se; dar ou adquirir corpo a; transformar)
_ O artista plástico corporificou a dor na figura da dançarina.

CORRELACIONAR
1. algo A, COM algo (estabelecer relação ou correlação)
_ Em seu discurso filosófico correlaciona o amor à (com a) morte.

CORRER
1. A, PARA algum lugar ou + verbo no infinitivo (apressar-se; dirigir-se apressadamente)
_ Sem ter o que oferecer à visita, correu ao mercado.
_ A cozinheira correu a preparar a refeição do dia.

2. A algo (acudir apressadamente; socorrer Ø)
_ A enfermeira corria ao chamado do paciente.

3. COM algo (arcar; ser responsável por)
_ A ré correu com as custas judiciais do processo.

4. COM alguém (afugentar Ø, expulsar Ø)
_ A professora correria com certos alunos da sala, se pudesse.

5. ENTRE alguém (circular; passar de mão em mão)
_ A lista de presença corria entre os alunos.

6. algo POR algo (passar com rapidez)
_ Correu os olhos pela sala e se certificou de que estava sozinha.

7. algo POR algo (deslizar; passar delicadamente)
_ A timidez fazia com que ela corresse, sem parar, a mão pelos cabelos.

CORRESPONDER
1. A algo (estar em correlação com; ser próprio ou adequado)
_ Aquela atitude não correspondeu à índole do rapaz.

2. A algo (responder, retribuir)
_ A empregada correspondeu à generosidade da patroa.

3. A algo (estar em equivalência com)
_ A minha parte da herança corresponderia a 30% dos bens do falecido.

4. ~ (se) COM alguém (comunicar-se por carta)
_ Correspondia-me com uma amiga distante.

CORTAR
1. alguém DE algo (eliminar, excluir, suprimir)
_ Desiludida, a garota cortaria o ex-namorado da caderneta de telefones.

2. alguém DE algo (destituir)
_ A comissão resolveu cortá-lo do cargo de diretor na escola.

COSTUMAR [v. ACOSTUMAR]

COXEAR
1. DE algo (capengar, mancar)
_ Aquele homem coxeava de uma perna.

CRAVAR
1. algo EM alguém (fitar, fixar)
_ A viuva cravou os olhos naquele lindo rapaz.

2. algo EM algum lugar (penetrar à força e profundamente)
_ O assassino cravara a faca nas costas da vítima.

CREDITAR
1. algo A algo ou alguém (atribuir, imputar)
_ Eu havia creditado ao seu dinamismo pessoal o êxito do projeto.
_ Creditam ao acusado um crime que jamais cometeu.

CRER
1. EM algo (acreditar, confiar; dar crédito a)
_ Creio em seus bons propósitos.

CRESCER
1. CONTRA alguém (avançar, investir)
_ O valente crescia contra o segurança.

2. EM algo (desenvolver-se, progredir)
_ O garoto rebelde cresceu em conhecimento.

CRIAR
1. algo A, PARA alguém (causar, originar)
_ As constantes viagens criariam problemas ao (para o) funcionário casado.

2. alguém EM algo (educar, instruir)
_ A mãe criou os filhos na doutrina cristã.


3. ~ (se) EM algum lugar (desenvolver-se, formar-se)
_ O jovem criara-se no subúrbio.

CRISTALIZAR
1. algo EM algo (consolidar)
_ O escritor cristalizaria seus pensamentos no livro.

CRITICAR
1. alguém POR algo (censurar)
_ O patrão criticará o empregado pela falha cometida.

CRUZAR
1. COM alguém (encontrar, topar)
_ Cruzei com sua mãe no supermercado.

2. animal COM animal (acasalar)
_ Cruzei minha cadela com um fox terrier de boa linhagem.

CUIDAR
1. DE algo (fazer os preparativos para; providenciar Ø)
_ A dona de casa cuidou do jantar para as visitas.

2. DE algo (tratar)
_ É necessário cuidar da saúde.

3. DE alguém (tomar conta)
_ A babá cuida das crianças enquanto os pais estão ausentes.

4. EM + verbo no infinitivo (atentar, pensar)
_ O redator cuidava em escrever algo bem-elaborado.

CULMINAR
1. COM, EM algo (redundar em)
_ Tal problema culminou com um (em um) único final.

CULPAR
1. alguém DE, POR algo (incriminar, inculpar)
_ Inconformado, culpava o tio da (pela) morte do avô.
_ Culpou-se do (pelo) fracasso do projeto.

2. algo POR algo (apontar como causa de)
_ A professora culpou a falta de interesse pelas notas baixas.

CUMPRIMENTAR
1. alguém POR algo (congratular, elogiar)
_ O diretor cumprimentou o elenco pela excelente apresentação.

CUMPRIR
1. A alguém (caber, competir, pertencer)
_ Outras funções cumpriam àquele funcionário.

2. COM algo (realizar Ø, satisfazer Ø)
_ Mais tarde cumpriria com as obrigações.

CURAR
1. ~ (se) DE algo (restabelecer a saúde)
_ O paciente curou-se da pneumonia.

CURVAR-SE
1. A algo (submeter-se, sujeitar-se)
_ O adolescente curvou-se às exigências do tutor.

2. A algo (sucumbir)
_ Curvar-se-ia a um futuro incerto.

CUSTAR
1. A + verbo no infinitivo (ter dificuldade em)
_ Ela custou a acreditar naquela história.

2. A, PARA + verbo no infinitivo (demorar, tardar)
_ O cientista custava a (para) terminar o experimento.




Comentários

  1. nossa muito bom,não achei nenhum site com tudo isso

    ResponderExcluir
  2. Vai te ajudar nos concursos!!

    Um abraço!

    ResponderExcluir
  3. muito bom! vc poderia indicar a bibliografia usada???
    abraço!

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

EXERCÍCIOS - ORAÇÕES SUBORDINADAS SUBSTANTIVAS E ADJETIVAS

EXERCÍCIOS SOBRE ORAÇÕES SUBORDINADAS ADVERBIAIS

01. A opção em que a oração subordinada pode ser considerada adverbial condicional é: a) Desde que o vi, me apaixonei. b) Desde que tenho muito trabalho hoje, não poderei sair. c) Permanecerei aqui, desde que você permaneça. d) Diga-me se a proposta lhe interessa. e) Falou sem que nos convencesse.
02. As orações subordinadas adverbiais assinaladas estão classificadas. assinale a alternativa cuja classificação esteja errada: a) “Nunca chegará ao fim por mais depressa que ande.” (oração subordinada adverbial concessiva) b) “Era tal a serenidade da tarde que se percebia o sino de uma freguesia distante, dobrando a finados.” (oração subordinada adverbial consecutiva). c) Mesmo que faça calor, não poderemos nadar. (oração subordinada adverbial concessiva) d) Ela era tão medrosa, que não saía de casa. (oração subordinada adverbial comparativa) e) Se tudo correr bem, levar-te-ei à Europa. (oração subordinada adverbial condicional)
03. No período: "Era tal a serenidade da tarde, que se percebia o sin…

EXERCÍCIOS - FUNÇÕES DA LINGUAGEM

01. Assinale a alternativa em que a função apelativa da linguagem é a que prevalece: A) Trago no meu peito um sentimento de solidão sem fim... sem fim... B) “Não discuto com o destino o que pintar eu assino.” C) Machado de Assis é um dos maiores escritores brasileiros. D) Conheça você também a obra desse grande mestre. E) Semântica é o estudo da significação das palavras. 02. Identifique a frase em que a função predominante da linguagem é a REFERENCIAL: A) Dona Casemira vivia sozinha com seu cachorrinho. B) Vem, Dudu! C) Pobre Dona Casemira... D) O que ... O que foi que você disse? E) Um cachorro falando? 03. A função metalinguística predomina em todos os fragmentos, exceto em: A) “Amo-te como um bicho simplesmente de um amor sem mistério e sem virtude com um desejo maciço e permanente.” (Vinicius de Morais) B) “Proponho-me a que não seja complexo o que escreverei, embora obrigada a usar as palavras que vos sustentam.” (Clarice Lispector) C) “Não narro…