14 novembro 2010

PROPOSTA DE REDAÇÃO


     

 Com base na leitura dos textos motivadores seguintes e nos conhecimentos construídos ao longo de sua formação, redija texto dissertativo-argumentativo em norma culta escrita da língua portuguesa sobre o tema A desigualdade de gênero no Brasil, apresentando proposta de ação social que vise a minimizar o problema, respeitando os direitos humanos.
   Selecione, organize e relacione coerentemente argumentos e fatos para defesa de seu ponto de vista.

*********************************************************

    O Brasil caiu nove posições na lista de desigualdade entre homens e mulheres, elaborada pelo Banco Mundial. O País ocupa a posição de número 82 na pesquisa que reúne 134 países. O mau desempenho é reflexo da grande defasagem de renda entre os sexos e da baixa porcentagem de mulheres no Congresso ou à frente de ministérios.
                                                                                           (mynextzone.com/?p=1964, 28/10/2009)

************************************************************************

     É desnecessário um aprofundamento nas pesquisas para se constatar que a igualdade de gênero adotada por nossa Constituição Federal e por pactos internacionais dos quais o Brasil é signatário ainda tem pela frente um árduo caminho de lutas e transformações culturais para tornar-se realidade.
    São incontáveis os casos de violência praticada contra a mulher no Brasil, que é um país marcado por uma ideologia sexista que estigmatiza o gênero feminino.
     Os efeitos perversos dessa tradição discriminatória se refletem nas mais variadas formas de violação dos direitos humanos da mulher: estupros, espancamentos domésticos, prostituição forçada, violência física e psicológica etc., constituindo, assim, uma forma de retrocesso das conquistas no âmbito dos direitos humanos.
                                                                                        (jus2.uol.com.br/doutrina/texto.asp?id=3452)

**********************************************************************

     Os critérios de contratação das mulheres no mundo do trabalho estão impregnados pela imagem da mulher construída pela mídia e colocada como padrão de beleza. O empregador ainda busca a moça de "boa aparência". Assim, as mulheres sofrem dupla pressão no mercado de trabalho: a exigência de qualificação profissional e da aparência física.
O assédio sexual ainda é uma realidade para a mulher no mundo do trabalho. Isso decorre da própria cultura patriarcal, que foi colocando o homem como o senhor do corpo da mulher.
                                                                                           (www.uepg.br/nupes/Genero.htm)


******************************************************************

Nenhum comentário:

Postar um comentário